Pescadores pedem compensação por período que ficarão impedidos de trabalhar por causa da engorda em Ponta Negra
Natal, RN 16 de jul 2024

Pescadores pedem compensação por período que ficarão impedidos de trabalhar por causa da engorda em Ponta Negra

7 de agosto de 2023
2min
Pescadores pedem compensação por período que ficarão impedidos de trabalhar por causa da engorda em Ponta Negra

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um grupo de pescadores artesanais se reuniu no dia 02 de agosto, na sede do Conselho Comunitário de Ponta Negra, para colocar no papel um pedido de compensação pelo período que ficarão impedidos de trabalhar por causa da obra de engorda da praia de Ponta Negra, na zona sul de Natal (RN).

Os pescadores pedem o pagamento mensal de R$ 2.640 que deve ser efetuado durante todo o período que durar a obra. O valor foi calculado com base na declaração do Imposto de Renda dos pescadores.

De acordo com o advogado popular Luciano Falcão, que representa o grupo juridicamente, a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) prevê o direito de consulta prévia sempre que alguma medida administrativa afetar o grupo diretamente, como no caso da obra de engorda de Ponta Negra, o que não teria sido respeitado.

O documento com o pedido de compensação, que tem 48 assinaturas, foi encaminhado ao Ministério Público Federal e ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

Condicionantes

No dia 25 de julho o Idema emitiu a Licença Prévia (LP) para a obra, apontando viabilidade ambiental para os projetos de Engorda e de Drenagem da Praia de Ponta Negra.

No entanto, o Instituto ressaltou que, para executar a obra, a Prefeitura do Natal, por meio de suas secretarias deve, obrigatoriamente, cumprir condicionantes como informar quais as medidas alternativas temporárias que serão adotadas para mitigar os impactos durante a fase de implantação do empreendimento para as atividades de navegação, pesca artesanal, comércio ambulante e usos recreacionais da área de marinha.

Saiba +

Engorda: Idema garante emissão de licença para obra em Ponta Negra, sob condicionantes

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura de Natal sabia há cinco anos de questões que diz não ter tempo de responder

Idema desmente Álvaro Dias sobre prazo de parecer técnico para engorda da praia de Ponta Negra

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura entrega respostas a questionamentos do Idema para licenciamento de obra

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.