RN tem segunda maior queda na taxa de desemprego, mas se mantém acima da média nacional
Natal, RN 25 de abr 2024

RN tem segunda maior queda na taxa de desemprego, mas se mantém acima da média nacional

15 de agosto de 2023
2min
RN tem segunda maior queda na taxa de desemprego, mas se mantém acima da média nacional

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A taxa de descoupação no Rio Grande do Norte diminuiu 1,9%, passando de 12,1% para 10,2% no segundo trimestre deste ano em comparação com o primeiro. Foi a segunda maior redução, perdendo para o Distrito Federal, que reduziu os 12% a 8,7%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada nesta terça (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da queda, as duas unidades federativas se mantém acima da média nacional, que passou de 8,8% para 8%.

As maiores taxas de desocupação foram de Pernambuco (14,2%), Bahia (13,4%) e Amapá (12,4%), e as menores, de Rondônia (2,4%), Mato Grosso (3,0%) e Santa Catarina (3,5%).

Mulheres continuam sendo preteridas quando o assunto é emprego. A taxa de desocupação por sexo foi de 6,9% para os homens e 9,6% para elas no segundo trimestre de 2023. Já a taxa de desocupação por cor ou raça ficou abaixo da média nacional para os brancos (6,3%) e acima para os pretos (10,0%) e pardos (9,3%).

A taxa de desocupação para as pessoas com ensino médio incompleto (13,6%) foi maior que as taxas dos demais níveis de instrução analisados. Para as pessoas com nível superior incompleto, a taxa foi de 8,3%, mais que o dobro da verificada para o nível superior completo (3,8%).

Taxa de desocupação, por UF, frente ao trimestre anterior (%) -2° trimestre de 2023:

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.