Bienal do Livro Rio 2023: conheça os autores potiguares que participam do evento
Natal, RN 20 de jul 2024

Bienal do Livro Rio 2023: conheça os autores potiguares que participam do evento

9 de setembro de 2023
4min

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Bienal do Livro do Rio de Janeiro é um dos maiores eventos literários da América Latina e acontece de 01 a 10 de setembro no espaço Riocentro. O maior evento de literatura e cultura do país foi declarado Patrimônio Cultural do Rio. 

A edição de 2023 celebra o aniversário de 40 anos de tradição com mais de 300 atrações brasileiras e estrangeiras, três pavilhões com lojas, estandes e diversas atividades para os fãs de literatura. Conheça os potiguares que participam do evento e levam a literatura do Rio Grande do Norte para o mundo. 

Veja a lista: 

O Professor e Jornalista Heldene Leicam, de São Miguel do Gostoso, esteve no evento nos dias 05 e 07 e lançou o livro "As Descobertas do Zulunga" pela Editora Appris. Seguido do lançamento de "Deninho e a Pecinha que Fazia Treco", pela Editorial Casa, na sexta-feira, 08 de setembro. 

A jornalista, escritora e radialista Michelli Pessoa Marinho, participa do evento literário pela segunda vez consecutiva. Em 2023, ela lança a obra “Lendo em Dias de Chuva” da editora Lura Editorial, uma antologia de contos, poesias e prosas. A jornalista produziu dois poemas sobre a temática da publicação e divide a autoria com outros autores do país. 

Ilustralu, ou Luiza de Souza, nasceu em Currais Novos, é ilustradora e, atualmente, trabalha com quadrinhos. A potiguar adora contar as histórias de sua vida através de quadrinhos. “Arlindo”, de 2021 foi a vencedora de Melhor Quadrinho na CCXP Awards 2022 e finalista do Prêmio Jabuti 2022, um dos maiores prêmios de literatura. A ilustradora estará no painel “Mais que autor”, no dia 09 às 11h. 

O potiguar Pedro Rhuas está entre os principais autores LGBTQIA+ na Bienal do Rio 2023. O autor do best-seller “Enquanto eu não te conto” vendeu mil cópias do seu novo romance “O mar me levou até você” em apenas seis dias de Bienal. Pedro, além de escritor, é jornalista e cantor. E o seu álbum de estreia “Contador de História” ultrapassou 500 mil streamings no Spotify, principal plataforma de áudio do Brasil.

 

O escritor Antenor Mario, de Jundiá, distante 56 km de Natal, levou o livro infanto-juvenil “O Reino dos Sonhos”, da editora Lura Editoral para o evento literário. A obra é uma coleção de histórias feitas por diversos autores, de diversas regiões. O potiguar além de escritor é ator. 

Lucas Der Leyweer, 23, é natural de Cacoal (RO) e vive atualmente em Natal. O jovem é autor de dois livros poemas, publicados em 2021, e escreve sobre sua realidade, vivências e conflitos com temas que o atravessam como homofobia e racismo. Para a Bienal, o escritor leva seu segundo livro “Vivências de pele negras”, e seu primeiro trabalho a ser exposto na editora UICLAP. Nesse livro, o jovem conta sua vivência e perspectivas sobre o cansaço do povo negro através de poemas. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.