Mortes violentas no RN caem 13% em agosto, mostra secretaria de Segurança
Natal, RN 22 de abr 2024

Mortes violentas no RN caem 13% em agosto, mostra secretaria de Segurança

1 de setembro de 2023
2min
Mortes violentas no RN caem 13% em agosto, mostra secretaria de Segurança

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

As mortes violentas no Rio Grande do Norte caíram 13% em agosto, em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que dizem os novos dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED).

De acordo com a pasta, que coletou os números por meio da Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análises Criminais (COINE), foram registradas 87 Condutas Violentas Letais e Intencionais (CVLIs) em agosto deste ano. Ano passado, no mesmo período, foram 100.

No quantitativo absoluto do ano, quando considerado o período de 1º de janeiro a 31 de agosto, foram registradas 705 mortes violentas em 2023, contra 783 mortes ocorridas no mesmo período de 2022, o que representa uma redução de 10% no total.

No acumulado parcial de 2023, a maior redução foi em Parnamirim, que passou de 32 mortes violentas entre janeiro e agosto de 2022, para 14 neste ano. A queda é de 56,3%.

Mossoró também se destaca com uma redução de 45,2%, indo de 115 mortes violentas para 63. A capital Natal foi de 160 para 136, redução de 15%.

Redução absoluta nas maiores cidades (acumulado de janeiro a agosto)

Natal: -15%

Jan/ago: 2022: 160

Jan/ago: 2023: 136

Mossoró: -45,2%

Jan/ago: 2022: 115

Jan/ago: 2023: 63

Parnamirim: -56,3%

Jan/ago: 2022: 32

Jan/ago: 2023: 14

São Gonçalo do Amarante: -17,1%

Jan/ago: 2022: 35

Jan/ago: 2023: 29

Macaíba: -38,7%

Jan/ago: 2022: 31

Jan/ago: 2023: 19

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.