Movimentos populares lançam abaixo-assinado em Natal exigindo criação de empresa estatal de ônibus
Natal, RN 24 de mai 2024

Movimentos populares lançam abaixo-assinado em Natal exigindo criação de empresa estatal de ônibus

14 de setembro de 2023
3min

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Movimentos sociais do Rio Grande do Norte lançaram um abaixo-assinado para propor a criação de uma empresa de transporte estatal em Natal.

A capital potiguar é a única do Brasil que ainda não fez a licitação para regulamentar a concessão das linhas de transporte público. Atualmente, o sistema é operado por empresas privadas sem fiscalização efetiva da prefeitura de Natal.

O mandato do vereador Robério Paulino (PSOL) já propôs, via projeto de lei, a criação de uma empresa pública. No entanto, o projeto foi engavetado numa das comissões da Câmara Municipal e nunca foi liberado para ir a plenário.

O abaixo-assinado está sendo coordenado pela Unidade Popular (UP), partido legalizado em 2019. Além da UP, outros movimentos e entidades também integram a campanha, a exemplo da União dos Estudantes Secundaristas Potiguares, Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas, Movimento de Mulheres Olga Benário, e o Movimento Correnteza.

A ideia é entregar o abaixo-assinado  na  Câmara Municipal para pressionar os vereadores.

A precariedade dos ônibus de Natal é o motivo da revolta 

Desde o período pré-pandemia da Covid-19, a situação dos ônibus de Natal é alvo de críticas. E com o período de isolamento social isso piorou. Por exemplo, altas tarifas, superlotação e a redução do número de frotas demonstram a precariedade da situação.

Recentemente, a Justiça do Rio Grande do Norte determinou, pela 11° vez, o retorno integral das linhas 68 (Alvorada – Parque das Dunas), 33B (Planalto – Lagoa Seca), 76 (Felipe Camarão – Parque das Dunas) e 593 (Circular Residencial Redinha), além de outras 24 que pararam de circular desde o início da pandemia.

Coordenador do Movimento de Luta dos Bairros, Vilas e Favelas, Marcos de Souza, explica que as empresas de ônibus em Natal são todas privadas e que a população da cidade não pode ficar nas mãos de um grupo que recebem isenção de impostos, mas não melhoram o transporte coletivo:

“Nós temos um transporte coletivo que é coletivo até demais. Onde as pessoas estão amontoadas por conta que as empresas privadas não garantem uma frota de ônibus que atenda as demandas da população. A nossa ideia é fazer um abaixo-assinado pedindo a criação de uma empresa estatal de transporte que seja verdadeiramente pública”, alega.

Para isso, os militantes pretendem ir em fábricas, empresas, escolas, periferias, centros urbanos e universidades conversar com a população.

“Nossa ideia é fazer uma grande campanha e coletar milhares de assinaturas e apresentar à Câmara Municipal defendo a pauta da criação de uma empresa estatal em Natal.”, finalizou. 

Para apoiar o abaixo-assinado ou participar ativamente da campanha, basta entrar em contato com a UP no contato: (84 99180-4279) ou com o Jornal A Verdade (84 99688-4375) e com qualquer um dos movimentos sociais envolvidos.

Além disso, os brigadistas estarão nas paradas de ônibus de Natal para coletar as assinaturas. 

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.