Uern anuncia reajuste de bolsas para estudantes em 75%
Natal, RN 3 de mar 2024

Uern anuncia reajuste de bolsas para estudantes em 75%

29 de setembro de 2023
3min
Uern anuncia reajuste de bolsas para estudantes em 75%

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar
A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) anunciou um reajuste de 75% para as bolsas de estudantes, a partir de janeiro de 2024. O valor passará dos atuais R$ 400 para R$ 700. O comunicado foi feito pela reitora Cicília Maia durante a Assembleia Universitária de aniversário de 55 anos da Uern que aconteceu nesta quinta-feira (29) no Teatro Dix-Huit Rosado, em Mossoró. A cerimônia contou com a participação da governadora Fátima Bezerra (PT) e outras autoridades. “Hoje mais de 80% dos nossos estudantes são oriundos de escola pública. Mais do que oportunizar o acesso, precisamos oferecer meios para garantir a permanência desses estudantes”, disse a reitora. O reajuste virá para as bolsas de permanência e extensão. “É um investimento em benefício aos nossos estudantes. Para muitos dos nossos discentes, essa bolsa é a única fonte de renda, é a forma que eles têm condições para permanecerem na universidade”, continuou Maia. Presidenta da União Estadual dos Estudantes (UEE-RN), Luh Vieira é aluna de Letras no campus Mossoró da Uern. Ela comemorou a iniciativa.  “A gente passou o ano inteiro pressionando muito a Reitoria, conversando com a estudantada para que ajudasse também a cobrar a Reitoria sobre a questão desse aumento das bolsas. Então quando a gente vê isso, a gente vê que é uma vitória inegável dos estudantes do nosso estado”, apontou. Segundo Vieira, o atual valor das bolsas, de R$ 400, é insustentável. “Depois do aumento da carestia, de tudo, no governo Bolsonaro, hoje em dia a gente ainda não consegue viver com esse valor. Então o ideal realmente é o reajuste das bolsas de acordo com o reajuste que foi feito pelo governo federal, para que a gente tenha o mínimo”, afirmou. De acordo com Nestor Duarte, Pró-Reitor Adjunto de Assuntos Estudantis (PRAE), os detalhes sobre o reajuste só serão informados após uma reunião de alinhamento que ocorrerá na tarde desta sexta-feira (29).  UFRN Neste ano, governo federal e UFRN já anunciaram reajustes. No caso do governo, foram contempladas as bolsas de graduação, pós-graduação, iniciação científica e Bolsa de Permanência, que variaram entre 25% e 200%. No caso da graduação no ensino superior, o acréscimo nas bolsas de iniciação científica foi de 75%, passando de R$ 400 para R$ 700. Já as bolsas de mestrado e doutorado, congeladas desde 2013, tiveram aumento de 40%. No mestrado, o valor passou de R$ 1.500 para R$ 2.100 e no doutorado, de R$ 2.200 para R$ 3.100. Já nas bolsas de pós-doutorado, houve aumento de 25%, passando de R$ 4.100 para R$ 5.200. Os novos valores começaram a ser pagos em março. Já especificamente na UFRN, o aumento veio nas bolsas pagas através do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), que passaram de R$ 400 para R$ 700. O valor, pago a cerca de 600 estudantes da federal, também estava congelado há mais de dez anos.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.