Mec libera abertura de 120 vagas em faculdades privadas de medicina em duas regiões do RN
Natal, RN 13 de abr 2024

Mec libera abertura de 120 vagas em faculdades privadas de medicina em duas regiões do RN

5 de outubro de 2023
4min
Mec libera abertura de 120 vagas em faculdades privadas de medicina em duas regiões do RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Rio Grande do Norte poderá abrir até 120 vagas em cursos de medicina em faculdades privadas em duas cidades de duas regiões de saúde do estado. O edital Nº01 de chamamento público para a seleção de propostas de funcionamento dos cursos no âmbito do Programa Mais Médicos foi publicado pelo Ministério da Educação (Mec), nesta quarta (4), no Diário Oficial da União. Ao todo, o governo federal autorizou a abertura de até 95 novos cursos de medicina com 5.700 vagas, em 1.719 municípios do Brasil.

No caso do RN, os novos cursos poderão ser instalados em cidades de duas regiões diferentes pré-selecionadas, a 4ª Região, centralizada pelo município de Caicó, mas que abrange as cidades de Acari, Bodó, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, Santana do Matos, Santana do Seridó, São Fernando, São João do Sabugi, São José do Seridó, São Vicente, Serra Negra do Norte,  Tenente Laurentino Cruz e Timbaúba dos Batistas; e a 6ª Região (Pau dos Ferros), composta por Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Antônio Martins, Coronel João Pessoa, Doutor Severiano, Encanto, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Itaú, João Dias, José da Penha, Lucrécia, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Olho-d'Água do Borges, Paraná, Patu, Pau dos Ferros, Pilões, Portalegre, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rodolfo Fernandes, São Francisco do Oeste, São Miguel e Serrinha dos Pintos.

Como critério para a pré-seleção dos municípios, foi avaliada a média de médicos inferior a 2,5 médicos para cada mil habitantes; a existência de hospital com pelo menos 80 leitos (o que contribui para a formação prática dos médicos); a capacidade para abrigar curso de Medicina, em termos de disponibilidade de leitos, com pelo menos 60 vagas; e o fato do município não ser impactado pelo plano de expansão de cursos de Medicina (aumento de vagas e abertura de novos cursos) nas universidades federais.

coletiva de imprensa em Brasília, pelos ministros de Estado da Saúde, Nísia Trindade, e da Educação, Camilo Santana, em Brasília I Foto: Mec divulgação
Coletiva de imprensa em Brasília, pelos ministros de Estado da Saúde, Nísia Trindade, e da Educação, Camilo Santana I Foto: Mec divulgação

A meta é formar 10 mil novos médicos nos próximos 10 anos em todo o país, interiorizar os cursos com residência médica pelo programa Mais Médicos e fixar esses profissionais nas áreas onde há vazios assistenciais, tornando a distribuição desses profissionais no território nacional mais equilibrada.

O governo federal planeja alcançar o indicador de 3,3 médicos para cada mil habitantes, um padrão definido pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em 2022, o Brasil tinha uma média de 2,54 médicos para cada mil habitantes e em 2013, quando Programa Mais Médicos foi criado, essa média era de 1,8 médicos para cada mil habitantes.

Além das 5.700 vagas previstas nesse primeiro edital, o Mec deve ofertar cerca de mais 2 mil vagas para expansão dos cursos de medicina privados já existentes e mais 2 mil vagas para a expansão das universidades federais, tanto em cursos já existentes, como em novos.

Cursos e vagas para Medicina

Fonte: Mec
Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.