Hotel Thermas vai indenizar em R$ 1,3 milhão demitidos na pandemia
Natal, RN 20 de jun 2024

Hotel Thermas vai indenizar em R$ 1,3 milhão demitidos na pandemia

10 de novembro de 2023
2min
Hotel Thermas vai indenizar em R$ 1,3 milhão demitidos na pandemia
Foto: divulgação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Justiça homologou um acordo de R$ 1,3 milhão em benefício de 190 trabalhadores que foram demitidos pelo Hotel Thermas durante a pandemia de covid-19, quando o hotel teve que parar as atividades. A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Empregados no Comercio Hoteleiro e em Atividades Similares de Mossoró (Sindhotleiros) contra a RMB Hotelaria Eireli, grupo econômico do Hotel Thermas.

A conciliação foi homologada pelo juiz Magno Kleiber Maia, coordenador do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos (Cejusc) Mossoró, na terça-feira (7), durante a XVIII Semana da Conciliação.

Em 2020, os trabalhadores foram dispensados sem receber as verbas rescisórias, o aviso prévio e apenas 20% da multa do FGTS foram pagos. Segundo o magistrado, o acordo foi um resgate histórico da cidadania. Para ele, “se não bastasse o medo que permeava a sociedade em todo o planeta devido à pandemia”, esses trabalhadores ainda ficaram sem emprego.

O presidente do sindicato, Gilmar Moreira, comemorou a decisão: "Uma conquista muito importante para os trabalhadores e para o sindicato, pelo fato de que foi no início da pandemia que assolou o mundo e nossas vidas. Todos nós tínhamos receios de que não fosse deferido, mas o jurídico do nosso sindicato atuou na construção de uma boa tese e saímos vitoriosos”

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.