Policiais terão curso sobre racismo e violência contra mulher no RN
Natal, RN 22 de abr 2024

Policiais terão curso sobre racismo e violência contra mulher no RN

2 de novembro de 2023
2min
Policiais terão curso sobre racismo e violência contra mulher no RN
Capacitação faz parte de programa do governo federal | Foto: divulgação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Cerca de 2.400 policiais e outros agentes do Rio Grande do Norte vão receber bolsas de R$ 900 para cursos de capacitação. Os temas envolvem violência contra a mulher, desigualdade racial e defesa do Estado Democrático de Direito.

Os auxílios fazem parte do Bolsa-Formação, criado pelo governo federal, que vai disponibilizar 100 mil bolsas até o final de 2023 para capacitações temáticas focadas em cinco eixos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

Os beneficiados serão policiais penais, militares, civis, bombeiros militares, profissionais dos órgãos oficiais de perícia criminal e guardas municipais.

A previsão é de que a bolsa-formação esteja disponível ainda neste ano. O Rio Grande do Norte faz parte dos estados que aderiram à iniciativa. O único a não embarcar no projeto foi São Paulo, governado pelo ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos).

A formação será por meio do Ensino à Distância (Ead), e alguns estados terão cursos presenciais, mas o RN não está contemplado neste tipo.

Os cursos Ead do Rio Grande do Norte, assim como de outros estados, serão os seguintes:

Para policiais penais estaduais 

Força Penal Nacional (40 horas-aula); Introdução à Justiça Restaurativa (60 horas-aula)

Para policiais militares e civis, bombeiros militares, profissionais dos órgãos oficiais de perícia criminal e guardas municipais

Susp e o Enfrentamento da Desigualdade Racial no Brasil (40 horas-aula); Segurança Pública e Violência contra Mulheres e Meninas: do Enfrentamento ao Protagonismo Feminino na Prevenção e Redução da Violência (40 horas-aula); O Papel dos Profissionais do Susp na Defesa do Estado Democrático de Direito (50 horas-aula); Os Municípios e a Prevenção da Violência: o papel da Guarda Municipal (40 horas-aula); Tecnologias Aplicadas à Segurança Pública (40 horas-aula)

As inscrições para os cursos, prorrogadas até o domingo (5), devem ser realizadas na página do Sistema Nacional de Informações da Segurança Pública (Sinesp) neste link. É necessário utilizar o login. Ao acessar, basta clicar na aba destinada ao Sistema Nacional do Bolsa-Formação (Sisfor) e preencher os dados solicitados na guia específica do Sisfor e enviar os documentos exigidos para seleção. Também, é preciso ordenar os cursos de sua preferência. As regras e a lista de cursos estão no Edital 51/2023.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.