Casos de covid aumentam 20 vezes em apenas dois meses no RN
Natal, RN 26 de fev 2024

Casos de covid aumentam 20 vezes em apenas dois meses no RN

15 de dezembro de 2023
3min
Casos de covid aumentam 20 vezes em apenas dois meses no RN
Foto: Adobe Express

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Saúde novamente em alerta. Os casos confirmados de covid-19 no Rio Grande do Norte aumentaram em 20 vezes (1.904%) desde outubro, conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN).

Na primeira semana de outubro, o estado registrou 25 casos da doença. Nas semanas de outubro, os números tiveram aumento significativo e, na primeira semana de dezembro, chegaram a 501 registros de covid.

Diante do novo cenário epidemiológico, encerrando a primeira quinzena do mês, a Sesap emitiu orientações relativas ao novo reforço da vacina bivalente e às medidas de prevenção da covid-19.

No momento, a dose de reforço da vacina bivalente é recomendada para pessoas com 60 anos ou mais e imunocomprometidos acima de 12 anos de idade, que tenham recebido a última dose da vacina há mais de 6 meses.

A nota técnica do Rio Grande do Norte menciona aumento de casos de covid-19 no Ceará e da presença de novas variantes do vírus: “Considerando a identificação da variante BA.2.86 no Brasil e suas sublinhagens a partir de 21 de novembro de 2023, em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Ceará e que alguns casos do Ceará não tinham viajado para fora do Brasil, há indícios de que esta variante esteja circulando em outros locais do Brasil.”

Além disso, o final do ano é um período de alta mobilidade das pessoas, em razão das festas e férias, que estimulam a aglomeração social. A Saúde ressalta que outros países já vivenciam ondas de casos da nova variante e espera-se que, no final de 2023 e início de 2024, também aumentem as ocorrências de covid-19 no Brasil.

A nota segue: “Embora não se tenha um padrão de sazonalidade definido da covid-19, observa-se que a mobilidade da população, aliada à alta transmissibilidade do vírus, pode causar aumento de casos e ondas em vários períodos do ano. Em países como Suécia, Polônia, Dinamarca, por exemplo, a transição do outono para o inverno no hemisfério norte também está coincidindo com ondas grandes de casos de covid-19, gerando preocupações para eventuais viagens de final de ano. Observa-se também um aumento significativo em algumas regiões da América do Norte, como por exemplo em Ontario, no Canadá.”

Diante desse quadro, além da dose de reforço para o público mais vulnerável, a Sesap recomenda que a população intensifique as medidas de prevenção, como a frequente higienização das mãos e a etiqueta respiratória. Também é importante a realização de testagem em casos suspeitos, para o rastreio e monitoramento da vigilância no estado.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.