Frequência escolar em anos iniciais cai quase 7% no RN, de 2019 a 2022
Natal, RN 30 de mai 2024

Frequência escolar em anos iniciais cai quase 7% no RN, de 2019 a 2022

29 de dezembro de 2023
2min
Frequência escolar em anos iniciais cai quase 7% no RN, de 2019 a 2022
Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

No Rio Grande do Norte, crianças entre 4 e 5 anos de idade, fase que representa início da obrigatoriedade do ensino na educação básica, tiveram queda de 6,9 pontos percentuais na frequência escolar, passando de 97,7% para 90,8%, entre 2019 e 2022, período que inclui a pandemia de covid-19.

As informações são da Síntese dos Indicadores Sociais do Estado em 2023 feita pelo IBGE. A principal fonte de dados é o módulo anual de Educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - Pnad Contínua.

O único grupo etário que manteve trajetória de crescimento da frequência escolar no estado foi o de 15 a 17 anos, passando de 93,1% para 94,3%. O acesso à creche das crianças de 0 a 3 anos manteve-se estável, estatisticamente, de 2019 a 2022, interrompendo a expansão na cobertura de oferta de ensino, para essa faixa etária, verificada no período anterior a 2019.

De acordo com o IBGE, para o grupo de 6 a 14 anos, cujo acesso à escola permanece praticamente universalizado, e o de 18 a 24 anos não apresentaram variação significativa durante o período de 2019 a 2022.

Quando observada a frequência à escola na etapa adequada, ou seja, a proporção de pessoas que frequentam a etapa de ensino adequado à sua faixa etária ou que já haviam concluído, o indicador mostra que o Rio Grande do Norte registrou evolução entre os anos de 2019 e 2022, nos níveis de ensino dos anos finais do ensino fundamental (82,8% e 88,2%) e do ensino médio (62,4% para 66,6%).

Já a adequação idade-etapa para a população de 6 a 14 anos, no ensino fundamental, e a de 18 a 24 anos, no ensino superior, não apresentaram alteração significativa no período.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.