MPRN aponta irregularidades em calçadas e pontos de ônibus na ZN
Natal, RN 5 de mar 2024

MPRN aponta irregularidades em calçadas e pontos de ônibus na ZN

5 de dezembro de 2023
2min
MPRN aponta irregularidades em calçadas e pontos de ônibus na ZN
Foto: divulgação MPRN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Durante uma vistoria realizada pela equipe técnica do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) na Zona Norte de Natal, nesta segunda (4), foram constatadas irregularidades em algumas calçadas e falta de acessibilidade por causa da inadequação no modelo dos novos abrigos implantados nos pontos de ônibus.

 “Recebemos uma denúncia da população sobre as obras de calçadas e abrigos realizadas na avenida Itapetinga e agendamos a visita técnica. Verificamos que realmente existem problemas nas calçadas, inclusive quanto aos abrigos dos passageiros que já são objeto de outra ação das promotorias”, comentou Rebecca Monte, promotora de Justiça.

Outra reclamação dos usuários de transporte público que frequentam as paradas de ônibus foi a ineficiência da nova estrutura implantada pela Prefeitura do Natal, que não protege os passageiros nem do sol, nem da chuva.

Além disso, também foi relatado que o abrigo é fonte de muito calor, por causa do concreto utilizado como material.

Em matéria de acessibilidade, o abrigo tem um modelo que implica na colocação de piso tátil, diante da existência de objeto suspenso, o que se torna inviável em algumas calçadas. Verificou-se, também, a colocação de abrigos de passageiros em calçadas inacessíveis. Os bancos também não atendem aos padrões da NBR 9050/20 e não há módulo de referência demarcado em nenhuma delas”, citou a promotora de Justiça.

Os problemas identificados durante a visita serão relatados em um laudo, que será elaborado pelo MPRN. As fiscalizações continuarão sendo realizadas até a quinta (07) por integrantes da 9ª Promotoria de Justiça de Natal, acompanhados por arquitetas e assessoria.

A Agência Saiba Mais entrou em contato com a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), responsável pelas obras, mas nós não obtivemos retorno até a publicação da matéria.

Foto: divulgação MPRN

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.