60% dos concluintes do ensino médio em 2023 fizeram Enem no RN
Natal, RN 3 de mar 2024

60% dos concluintes do ensino médio em 2023 fizeram Enem no RN

16 de janeiro de 2024
4min
60% dos concluintes do ensino médio em 2023 fizeram Enem no RN
Foto: Marcello Casal Jr I Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

No Rio Grande do Norte, dos 35.807 estudantes matriculados no ensino médio em 2023, 72% se inscreveram no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), o correspondente a 25.801 alunos, sendo que 21.767 fizeram as provas (84%). Os dados demonstram que, do total de estudantes matriculados no ensino médio, tanto na rede pública quanto privada, 60,8% participaram do Enem.

A média potiguar é melhor do que a brasileira. Dos 2.083.117 de matrículas no ensino médio em todo o país, 68% (1.415.696) se inscreveram no Enem, mas apenas 1.058.538 (74%) fizeram as provas. Ou seja, do total de matriculados no ensino médio no país, apenas 50% dos estudantes chegaram a fazer o Exame. Os estados com maior participação de estudantes do ensino médio no Enem foram o Ceará (80%) e Goiás (73%). Já na outra ponta, com os menores índices de participação, estão o Amazonas (40%) e São Paulo (41%).

Rede Pública

Já na rede pública de ensino, dos 30.737 estudantes matriculados no ensino médio no Rio Grande do Norte, 21.120 se inscreveram no Enem (68%) em 2023. Desses, 17.203 (81%) fizeram as provas.

Enquanto isso, nesse mesmo período, dos 1.792396 estudantes matriculados no ensino médio na rede pública do país, apenas 65,9% (1.181.081) se inscreveram no Enem. Porém, apenas 70,9% (837.622) desses inscritos realizaram as provas. No final das contas, do total de inscritos no ensino médio em todo o país, somente 46,7% participaram do Enem, menos da metade dos concluintes.

O número, apesar de baixo, foi melhor do que o desempenho de 2022, quando apenas 38,1% dos concluintes do ensino médio fizeram o Enem. Como os dados de matrículas de 2023 só serão consolidados depois de fevereiro, o Mec fez os cálculos a partir de estimativas.

Agora, o Ministério da Educação quer investigar o motivo pelos quais menos da metade dos estudantes do ensino médio do país se interessam em acessar o ensino superior, com a realização das provas do Enem.

Nota de corte

O Enem 2023 teve nota de corte é de 569,62 pontos. Segundo o Mec, a nota é suficiente para ingressar em 842 cursos diferentes espalhados pelo Brasil. Mais de um milhão (1.014.070) de estudantes estão acima do ponto de corte.

Notas do Enem 2023 I Imagem: reprodução Mec

No caso do Prouni (Programa Universidade para Todos), a nota do ponto de corte é 509.42. Com isso, 1.667.710 pessoas podem ingressar no ensino superior através do programa, o número é equivalente a 61% dos participantes do Enem 2023.

A nota do Enem pode ser usada tanto no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) quanto no Prouni. Este ano, o Sisu terá mais de 264 mil vagas nas universidades públicas. As inscrições começam no dia 22 e vão até 25 de janeiro.

Saiba Mais

RN tem mais de 12 mil vagas no Sisu 2024; confira instituições

RN tem seis redações com nota mil no Enem

Já o edital do Prouni será publicado nesta quarta (17), com consulta a bolsas a partir do dia 19. O Mec anunciou que avalia uma possível mudança da nota de corte por causa da redução da oferta de vagas. As inscrições começam no dia 29 de janeiro e seguem até 1º de fevereiro.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.