Advogada morta no RN sempre sonhou com a profissão
Natal, RN 5 de mar 2024

Advogada morta no RN sempre sonhou com a profissão

31 de janeiro de 2024
5min
Advogada morta no RN sempre sonhou com a profissão
Foto: reprodução Instagram

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O assassinato da advogada Brenda dos Santos Oliveira, de 26 anos, deixou família, amigos e a cidade em que morava consternados. Brenda foi morta nesta terça-feira (30) em Santo Antônio, no Agreste Potiguar, na saída da delegacia do município, após atender um cliente. Ela e o cliente foram executados em plena rua.

A advogada nasceu no estado do Rio de Janeiro, mas veio ainda criança para o Rio Grande do Norte. No ensino médio, ingressou em 2012 no IFRN Campus Nova Cruz e se formou técnica em Administração, tendo concluído no ano letivo de 2015. 

Posteriormente, ingressou no curso de Direito em uma faculdade privada de Natal, o Centro Universitário Natalense (Uniceuna). Lá, escreveu o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre “O Tratamento do Sistema Penal Brasileiro aos Psicopatas”.

A etapa seguinte foi prestar o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), conquista que veio em janeiro de 2022 e foi comemorada nas redes sociais. Brenda escreveu que foi “um caminho árduo, cheio de dúvidas, gastos com a preparação e muita renúncia.”

“Quantas noites eu desejei sair com os seus amigos; ir para um aniversário com meus pais; assistir o jogo do Flamengo; sair da rotina com o meu namorado, mas naquele momento nada era mais importante do que fazer um simulado e me preparar cada vez mais”, disse.

“Cursar Direito foi um sonho que tomou forma no meu coração desde que eu me entendi de gente. Não foi fácil chegar até aqui, mas eu venci. E esse é só o começo de muitos sonhos no qual eu pretendo alcançar”, registrou.

Criada boa parte da vida no interior, pensava inicialmente em abrir um escritório em Natal, mas a relação com a cidade em que cresceu e o fato de já ter seu nome reconhecido no município a fizeram abrir a Brenda Oliveira Advogados Associados em Santo Antônio, como explica a amiga e sócia Ilanna Arquilino:

“A gente sempre falava que iríamos abrir um escritório juntas em Natal. Mas achamos mais viável abrir um no interior, até porque era onde ela morava, questão de reconhecimento do nome dela, porque ela era bem conhecida aqui. Então, a gente achou que seria mais propício abrir em Santo Antônio”, conta emocionada. 

Além de sócias no escritório, Ilanna e Brenda eram melhores amigas. Se conheceram em 2017 na faculdade e de lá não desgrudaram. 

“Estagiamos juntas, prestamos o exame da Ordem, abrimos o escritório em Santo Antônio. Ela sempre foi muito dedicada, esforçada, competente. Uma amiga de verdade, sempre disposta a ajudar, querida por todos e que vai fazer muita falta. A gente se falava todos os dias, o tempo todo”, diz Arquilino.

A primeira a passar na OAB foi Brenda. Quando Ilanna passou, aí veio a sociedade de vez.

“A gente estava se organizando para mudar de escritório. Ela já estava fazendo a mudança e ia inaugurar em breve. Mas infelizmente aconteceu essa fatalidade”, lamenta.

Em nota, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), a Seccional no Rio Grande do Norte (OAB/RN) e a Caixa de Assistência (CAARN) disseram que receberam, com profunda indignação, a notícia sobre o assassinato da jovem advogada. A OAB disse que, de imediato, requereu ao secretário de Segurança Pública do Estado o acompanhamento rigoroso das investigações.

“Ainda na tarde desta terça-feira (30), foi designada pelo presidente da OAB/RN, Aldo Medeiros, que a Comissão da Advocacia Criminal, por meio de seu presidente, Anesiano Ramos, acompanhe o inquérito policial instaurado pela Polícia Civil”, apontou a OAB.

“Também foi designado que a Subseção de Goianinha intermedeie a assistência necessária aos seus familiares, a ser prestada pela Seccional. A Seccional Potiguar também decretou luto oficial de três dias”, continuou a nota.

“O crime contra uma advogada em seu exercício profissional, além de uma violência bárbara, é um ataque direto ao Estado Democrático de Direito. O Sistema OAB seguirá vigilante para que o crime não caia na vala da impunidade”, registrou a Ordem.

O IFRN Nova Cruz e a faculdade em que estudou também lançaram notas de pesar. O corpo de Brenda será velado a partir das 12h na Igreja da Grande Seara - Igreja da Irmã Berenice, na rua José do Carmo dos Santos, 31, no bairro do Carmo, em Santo Antônio. O sepultamento da advogada será às 16h no cemitério novo do município.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.