Diversas campanhas educativas circulam nesse carnaval
Natal, RN 28 de fev 2024

Diversas campanhas educativas circulam nesse carnaval

12 de fevereiro de 2024
5min
Diversas campanhas educativas circulam nesse carnaval

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Folia, festa, alegria não são sinônimos de desrespeito. O Rio Grande do Norte está recheado de campanhas educativas com o objetivo de garantir um Carnaval seguro e inclusivo para todos, promovendo o respeito e a igualdade de direitos durante as festividades, grupos e órgãos públicos realizam campanhas educativas no Rio Grande do Norte.

Proteção de mulheres

A campanha “Pediu pra parar? Parou! Não é Não” é uma ação integrada promovida por diversas secretarias da Prefeitura de Natal para orientar a população acerca da importunação sexual. A ação incentiva as mulheres a denunciarem sempre que sofrerem ou presenciarem qualquer tipo de assédio ou constrangimento, seja ele verbal ou físico.

Uma estrutura será montada para servir de apoio nos Pólos de Ponta Negra, Petrópolis e Redinha, no palco Buiú, contendo um espaço que vai oferecer suporte para as mulheres, com horário de funcionamento das 18h às 23h.

A campanha conta com jingle:

https://www.youtube.com/watch?v=a8TmHvH2x0Y

Já a Secretaria de Estado das Mulheres, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semjidh) estará oferecendo os serviços do Ônibus Lilás nos municípios de Mossoró, na quinta-feira (8), e em Caicó, na sexta-feira (9).

A intenção é prevenir todas as formas de violência, incluindo assédio, violência contra a mulher, homofobia, transfobia e discriminação racial. A equipe do Ônibus Lilás vai distribuir materiais educativos e oferecer apoio às vítimas de violência por meio da Ouvidoria Itinerante.

A Ouvidoria estará disponível pelo número (84) 9 8147-3498 e pelo e-mail [email protected].

Nas redes sociais, a Polícia Civil também reforçou a importância da denúncia desse tipo de crime. Os cidadãos podem entrar em contato com a polícia por meio do telefone 181 ou ainda com a Central de Atendimento à Mulher (180) ou através do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública - CIOSP (190).

O Boletim de Ocorrência (BO) também pode ser registrado por meio do site da Polícia Civil do RN, na Delegacia Virtual.

Doação de sangue

Com o tema  “Hemofolia 2024,  no batuque do coração faça sua doação”, o Hemonorte realiza desde o dia 1º de fevereiro a campanha de doação de sangue para o período carnavalesco. Com estoque de sangue em baixa, o Hemocentro está convocando doadores e a população em geral para aderir à causa.

A Defensoria Pública do Rio Grande do Norte se somou, lançando campanha com o tema “Doe alegria antes mesmo da folia” e informando sobre as regras para a doação.

Podem doar as pessoas que tem entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos de idade precisam de consentimento do responsável legal); ser saudável; pesar acima de 50 kg; ter dormido 6 horas na noite anterior; evitar alimentos gordurosos antes da doação, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e apresentar um documento oficial com foto.

O Hemonorte funciona na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, (próximo ao Parque das Dunas/Bosque dos Namorados). Quem estiver no interior do Estado pode procurar a unidade de coleta mais próxima. O Hemocentro tem unidades em: Mossoró (R. Projetada, s/n. Bairro Aeroporto – Ao lado do Hospital Tarcísio Maia), Caicó (R. Renato Dantas, 455. Centro),  Currais Novos (R. Carnaúbas dos Dantas, 150. Bairro JK) e Pau dos Ferros (BR 405 - km 03, nº. 19 – Bairro Arizona – ao lado do Hospital regional).

Respeito à população de rua

As ruas são espaço de folia durante o Carnaval, mas para muitos é de moradia e sustento. O Movimento Nacional de População de Rua do Rio Grande do Norte (MNPR-RN) pede atenção às pessoas em situação de rua.

“Respeite as malocas, as moradias provisórias e as pessoas que vivem nesses locais. A população em situação de rua também tem direito de curtir o carnaval e a cidade. A festa é para todes. Respeite a população em situação de rua.”, publicam os militantes.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.