Um “cometa” chamado Alice Carvalho; atriz leva prêmio da APCA
Natal, RN 5 de mar 2024

Um "cometa" chamado Alice Carvalho; atriz leva prêmio da APCA

1 de fevereiro de 2024
8min
Um
Alice Carvalho I Foto: reprodução

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Depois da expressiva repercussão de Dinorah na série ‘Cangaço Novo’, em 2023, a atriz potiguar Alice Carvalho levou o Prêmio Revelação, da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), na categoria ‘televisão, por seu trabalho na série da Prime Vídeo. A divulgação da premiação foi na última segunda (29).

Recebi a notícia pouco antes de dormir. Fiquei tão nervosa que achei melhor dormir e pensar no que fazer só no outro dia mesmo... kkkkkk. É com muita alegria que recebo esses reconhecimentos, sempre, mas também com a consciência de que são confetes que fazem parte da carreira, mas sem pirar em me achar a ‘revelação’. O importante da minha profissão é a verdade da cena, e só a cena importa. O que vier, é lucro”, comenta Alice sobre mais esse prêmio.

Em 2023, além da série ‘Cangaço Novo’, na qual interpreta o papel de Dinorah, Alice Carvalho também está no elenco do filme “Angela”, inspirado na vida de Ângela Diniz. Para dar conta da correria e dos trabalhos que têm aparecido, ela precisou deixar, temporariamente, as terras potiguares. E um dos frutos colhidos pela atriz natalense em 2024 é o papel de Joaninha no remake da novela Renascer, na Globo.

“[A estadia no Sudeste] está cheia de novidades. Mas vou tentando surfar com tranquilidade fazendo o que mais amo: trabalhar. O desafio maior é segurar a onda de saudade do meu lugar seguro - meus amigos, minha família, cada rua de Natal e Parnamirim”, revela.

O sucesso e a atenção que a potiguar vem colhendo nos últimos tempos pode até surpreender quem não conhecia o perfil de Alice Carvalho, uma geminiana dedicada, exigente com o trabalho e amorosa com os amigos.

Até hoje ela me chama de painho”, brinca o ator Pedro Queiroga, que fez o pai de Alice em ‘Septo’, uma websérie idealizada por ela, considerada o primeiro trabalho de grande repercussão da atriz, inclusive internacional.

“Não conhecia Alice. Nosso primeiro contato foi em uma sala do Deart [Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte]. A partir daí criou-se um vínculo quase paterno. Tive que trabalhar o ciúme da minha filha, que tem a mesma idade”, segue Pedro, bem humorado.

Alice começou como muita gente, em oficinas de teatro daqui. Uma coisa que me causou espanto foi encontrar uma pessoa tão jovem, acho que ela tinha 18 anos na época, mas com um projeto inteiro montado e agindo para ele dar certo, para acontecer. Surpreende como ela cativa as pessoas e, com tão pouca idade, consegue aglutinar pessoas em torno de um projeto. Cheguei pro teste com tudo pronto e já definido. Alice estuda e treina diariamente. Ela é aquela pessoa com garra e determinação, que já sabia o que queria fazer”, revela Pedro, sobre o perfil da amiga.

Todo mundo que trabalha sabe da forma verdadeira que ela se relaciona. Não tem muito floreio, apesar de ser apaixonada pelas amigas e amigos, mas ela é transparente e dedicada. Me senti privilegiado de ter participado”, acrescenta Pedro Queiroga.

Alice no lançamento de Renascer I Foto: reprodução
Alice Carvalho e Quitéria Kelly no lançamento de Renascer I Foto: reprodução

Com a repercussão de ‘Septo’, que levou o prêmio de melhor série pelo júri popular do Buenos Aires Webfest, melhor elenco no Rio Webfest, melhor direção no SP Webfest, além de ter passado por festivais na Alemanha, Estados Unidos e Coréia, novas portas se abriram para Alice Carvalho, que foi convidada para fazer o teste para ‘Cangaço Novo’.

Conheci Alice muito jovem... ela ainda é, mas era mais ainda!”, comenta o jornalista e agente artístico, Marcílio Amorim, que começou a fazer o trabalho de agenciamento dela logo após ‘Septo’.

Ela já fazia teatro, escrevia livro. No meu trabalho, fui norteando para o audiovisual por causa do surgimento dos streamings. Quando surgiu ‘Quando Nascem os Fortes’ notei que precisava de um elenco artístico – até então tinha publicitário. Fizemos diversos testes ... foram uns 50 em Natal e 50 em João Pessoa, aprovamos 12 atores com contrato com a Globo, além de 30 contratos especiais. Alice fez o teste, mas não entrou. Depois ela fez teste para ‘Segunda chamada’ [série da Globo] na qual Alice interpretava uma cena muito forte em que a personagem tinha uma filha com Simas [Felipe] e esse bebê tinha problema de pele, coçava muito e chorava muito. Tem uma cena que, para mim, impactou muito Alice e a carreira dela, foi quando ela tenta afogar esse bebê para ele parar de sofrer e chega o pai e salva a criança. É uma participação curta, mas de impacto”, avalia Marcílio Amorim.

Marcílio com Alice Carvalho e Titina Medeiros, em João Pessoa para testes I Foto: cedida

Alice Carvalho seguiu fazendo testes até que em janeiro de 2020 Marcílio recebeu uma ligação da produtora de elenco de Cangaço Novo pedindo um teste de Alice e de outros atores. Foram para lá, junto com Titina Medeiros, que também entrou para o elenco da série, junto com outros 25 atores de Recife, Mossoró, Natal, Campina Grande e João Pessoa.

Estourou a pandemia e ficamos meses sem notícias dessa produção. Achamos que nem ia rolar ou que ninguém tinha sido aprovado. Em setembro ou outubro ligaram dizendo que Alice ia ser a protagonista. Gravaram em 2021 e foi esse sucesso que já previa, mas não imaginava que teria a força que teve e, muito disso, é da força de Alice, do personagem dela, lógico que o elenco todo soma, mas a série é ela”, conclui Amorim.

O percurso

Na avaliação de Marcílio Amorim, a abertura do mercado para atores fora Sudeste é resultado da entrada dos streamings, que modificou o mercado.

"O streaming descentralizou esse olhar da Globo que era muito focado no eixo Rio-São Paulo. Se o ator quisesse papel na tv, teria que falar 'carioquês'. César [Ferrario] e Titina [Medeiros] furaram essa bolha e chamaram atenção para nosso mercado. Passaram a incluir Natal como local de teste. Para a Netflix não interessa se você nasceu em Caicó ou Gramado, se atender ao personagem, será contratado. Isso democratizou e mudou o mercado como um todo, que passou a ser mais aberto e competitivo", analisa o produtor de elenco e agente artístico.

"Não é à toa que temos vários atores escalados, como Quitéria Kelly e Ênio Cavalcanti", acrescenta Pedro Queiroga, que durante a conversa com a Agência Saiba Mais lembrou da última semana filmada com Alice Carvalho em 'Septo'.

"Estávamos no centro, era uma cena muito difícil, o pai dela estava bebendo... era uma externa com muita gente no meio da rua. Chegou uma hora que já tínhamos feito vários takes e não estava legal. Cheguei pra Alice e disse: fique tranquila porque nós só estamos aqui por sua causa... você é o cometa que tá levando a gente na cauda'.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.