Documentário conta história de feirantes de Macau, no litoral do RN
Natal, RN 25 de jun 2024

Documentário conta história de feirantes de Macau, no litoral do RN

21 de maio de 2024
1min
Documentário conta história de feirantes de Macau, no litoral do RN
Foto: divulgação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um documentário que será lançado no próximo sábado (25) vai narrar as histórias de vida dos comerciantes do Mercado Público de Macau-RN. A obra “Sábado é dia de feira”, dirigido por Laíne Paiva, estreia no Centro de Cultura Porto de Ama com um pocket show do músico Zelitto Coringa, que assina a trilha original do projeto.

Laíne dirigiu e fez o roteiro e produção do filme. Ela carrega uma ligação afetiva com o local: a profissional cresceu indo para o mercado com a avó — que tinha uma loja em frente — quando era criança. Quando começou a fotografar, em 2015, percebeu que os feirantes eram os mesmos que estavam lá quando era criança, ou então os filhos deles.

“Comecei a perceber que era uma feira tradicional, que era algo que passava de família, era um sustento, e aí eu comecei a documentar esses feirantes desde 2015”, diz. Daí surgiu um projeto fotográfico com o mesmo nome, onde fotografava os feirantes macauenses, mas devido às normas sanitárias da Covid-19 o projeto acabou se transformando em uma exposição online, mas muitos destes comerciantes já idosos não tiveram acesso. 

“Alguns destes feirantes, que conheço desde criança, faleceram nestes últimos anos e quando tive a oportunidade de participar de uma chamada pública para realizar um projeto audiovisual não pensei duas vezes, para dar continuidade e desta vez facilitar a ida para estas pessoas ao teatro para se verem através do documentário. Acho que é uma forma de homenagear estas pessoas que, através dos seus próprios relatos, contam também a história de Macau”, relata Laíne.

O filme possui diferentes histórias contadas, algumas que a marcaram um pouco mais, mas ela enfatiza que cada uma delas possui suas particularidades. 

“Como a gente passou por uma pandemia, a gente tem perdido muita gente. Então, eu acho que essas, ultimamente, são as que têm mais me tocado. Tem a história de Carlinhos, que eu fotografei o pai dele, e quando foi na pandemia, infelizmente ele faleceu, e hoje em dia ele [Carlinhos] que está tomando o local, está cuidando pelo pai, está trabalhando, abandonou o emprego que ele tinha para ficar cuidando da feira do pai e ajudando as outras famílias que também trabalhavam com o pai dele”, conta a macauense.

Um dos locais que a equipe escolheu para gravar é um box de uma pessoa que durante anos ajudava Laíne a driblar a resistência de alguns comerciantes a serem fotografados. Ele também faleceu.

“Então a gente chegou lá e quis fazer essas gravações no box dele para homenageá-lo. Então os vídeos que foram dentro de um box é dessa pessoa que faleceu. E uma das coisas que muito me tocou nesse dia foi que quando eu cheguei lá para gravar, ele tinha deixado lá dentro um quadrinho que eu dei de lembrança para cada um que eu fotografei na época da exposição. Então, sempre tem uma história ou outra que toca”, diz Paiva.

O projeto também terá sua estreia online no YouTube e pré-estreia nas escolas municipais Padre João Penha Filho e Edinor Avelino. Ainda será realizado um bate-papo com os alunos dessas escolas para enfatizar a importância do mercado e das pessoas que fazem parte desta história.  

O projeto Sábado é Dia de Feira foi viabilizado através do Edital n° 005/2023 PMM/SEMEC Edital de Apoio ao Audiovisual, através dos recursos federais da Lei Paulo Gustavo, Ministério da Cultura e Prefeitura de Macau.

Serviço:

Estreia do documentário “Sábado é dia de Feira” sábado, 25 de maio, às 19h, no Centro Cultural Porto de Ama – Entrada gratuita.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.