No RN, 93% da população acima de 5 anos se vacinou contra Covid-19
Natal, RN 19 de jun 2024

No RN, 93% da população acima de 5 anos se vacinou contra Covid-19

24 de maio de 2024
4min
No RN, 93% da população acima de 5 anos se vacinou contra Covid-19
Foto: Secretaria Municipal de Saúde de Natal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O levantamento divulgado nesta sexta (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) demonstra que 93,3% da população do Rio Grande do Norte acima dos 5 anos se vacinou com ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19 até o 1º trimestre de 2023. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - PNAD Contínua, realizada em convênio com o Ministério da Saúde.

O RN ficou dentro da média nacional (93,9%) de imunização nessa faixa etária, à frente do Distrito Federal (93,2%), Mato Grosso do Sul (92,5%), Amapá (92,2%), Goiás (91,6%), Amazonas (90,8%), Alagoas (90,7%), Acre (90%), Santa Catarina (89%), Maranhão (88,3%), Pará (87,6%), Tocantins (86,8%), Mato Grosso (86,8%), Rondônia (85,6%) e Roraima (81,6%).

Quando a pergunta foi sobre a 2ª dose, 88,2% da população com 5 anos ou mais havia tomado pelo menos duas doses da vacina, o equivalente ao esquema primário completo. Já entre as pessoas acima dos 18 anos, 92,3% tomaram duas doses ou mais. Entre a população de 5 a 17 anos, esse percentual baixa para 71,2%.

Nessa mesma faixa etária, 3,4% dos adultos não tinham tomado nenhuma dose da vacina até a data da pesquisa. Esse número subiu para 14,8% entre crianças e adolescentes de 5 a 17 anos.

De maneira geral, a pesquisa apontou um índice de vacinação maior entre a população urbana (59,5%), em comparação com a rural, e entre as mulheres (60,4%), no caso das pessoas com 5 anos ou mais.

RN

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) aponta que mais de dois milhões de potiguares (2.760.225) foram imunizadas com a vacina monovalente, o equivalente a 83,48% da população de mais de três milhões de habitantes (3.306.460). Já sobre o reforço com as demais doses, 54% (1.806.017) das pessoas tomaram o 1º reforço e 24% (820.440 pessoas) procuraram o 2º reforço.

Já a vacina bivalente, que garante proteção contra as novas variantes da Covid-19, foi aplicada me 26,47% (662.181) dos potiguares.

No comparativo entre as regiões, o Nordeste (42,4%) foi a segunda com maior índice de pessoas vacinadas com quatro doses ou mais. O primeiro lugar ficou com o Sudeste (49,1%).

O levantamento também mostrou que 38,6% das pessoas de 5 anos ou mais até iniciaram o esquema vacinal, mas não tomaram a quantidade de doses recomendadas. Para 29,2% a desculpa foi “esquecimento ou falta de tempo”. Já 25,5% dos entrevistados afirmaram que “não acha necessário, tomou as doses que gostaria e/ou não confia na vacina”. Também foram citadas as seguintes justificativas: “está aguardando ou não completou o intervalo para tomar a próxima dose” (17,5%) e “medo de reação adversa ou teve reação forte em dose anterior” (16,5%).

Não vacinas tiveram maior índice de internação

Entre as pessoas que não tomaram nenhuma dose da vacina contra Covid-19 e que tiveram ou acham que tiveram a doença, 5,1% precisaram ser internadas. Já entre os vacinados com duas doses ou mais, essa média foi de 2,5%.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.