Sandro Azevedo apresenta concerto poético musical nesta sexta, 17
Natal, RN 29 de mai 2024

Sandro Azevedo apresenta concerto poético musical nesta sexta, 17

16 de maio de 2024
6min
Sandro Azevedo apresenta concerto poético musical nesta sexta, 17
Foto: divulgação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Depois de ocupar as plataformas digitais com o lançamento do EP no último dia 2, agora “O Jardim Secreto de Stéhpan Dehmía” vai poder ser conferido ao vivo em um concerto poético musical nesta sexta-feira, 17, a partir das 19h30, na Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), campus central.

Cultivado em meio à pandemia do Covid-19, quando a arte foi fundamental na vida de muitas pessoas, “O Jardim Secreto de Stéhpan Dehmía” é um projeto do professor Sandro Azevedo, que musicou a poesia de Camilo Rosa, Josimey Costa e João Andrade e reuniu um time da música para servir delicados arranjos de canções autorais e releituras de alguns clássicos.

Com direção musical de Zé Fontes, o concerto contará com uma banda formada por Ricardo Baya, Sílvio Franco e Humberto Luiz e a participação de Gilberto Cabral e Airton Guimarães.

O Mulherio das Letras Zila Mamede estará presente na voz e poesia de Amélia Freire, Ariadne Mendes, Carla Alves, Daliane Cavalcanti, Iatamyra Rocha Freire, Jèssica de Pádua e Josimey Costa.

A entrada é gratuita e haverá distribuição de mudas de plantas e árvores do projeto Arboriza Natal, coordenado pelo professor e vereador de Natal Robério Paulino. Haverá ainda uma banca para aquisição de livros de poetas locais.

Conheça Stéhpan Dehmía

O hoje jardineiro Stéphan Dehmía já amolou facas com versos, fabricou luas cheias e passou anos tentando separar as cores dos raros arco-íris que brotavam em sua cidade natal. Ele é o heterônomo criado pelo professor e músico Sandro Azevedo.

Nasceu enquanto jardineiro durante a pandemia do Covid-19, com a metáfora da distribuição das “flores” – músicas – cultivadas em seu jardim e entregues às pessoas amadas por ele. Era uma forma de contrapor, com música, os medos e inseguranças que o Covid-19 causava.

Ramos de rock progressivo se entremearam em talos de canções tipo MPB. Sementes de baladas pop cultivadas ao lado de folhas de bossa nova. Uma diversidade de sons e ritmos entrelaçados e tomando conta da pouco movimentada parede do quarto. Livres, as sementes geraram flores insistentes em trocarem de roupa e se assumirem como canções.

“Eu criei um personagem, o Stephán, que na verdade é o heterônomo. Ele que é o artista dessas músicas, que são flores que esse jardineiro saiu por aí entregando na casa das pessoas queridas por ele”, contou Azevedo à Agência Saiba Mais.

Atiraram-se nas mãos de um Stéhpan, ao mesmo tempo vencido pelo aprisionamento imposto por um vírus invisível e desejoso de voar para os (a)braços e beijos dos amores próximos e distantes. Como uma vara que enverga, mas não quebra, desenhou nas próprias costas um par de asas com canetas que o presenteou um anjo gauche. E a cada quinze dias, saiu por ruas desertas, buquê de flores nas mãos, discretamente deixando na caixa de mensagens de cada um de seus amores, uma de suas flores – agora canções – regadas pelas águas do bem-querer, adubadas com esperanças. Entregues com o nome de “presentinhos”.

Sandro Azevedo

Alessandro Azevedo, ou simplesmente Sandro Azevedo, lida com música desde os 16 anos, quando concorreu com composições de autoria própria, em festivais de música realizados entre os anos de 1985 e 1987, em Caicó, cidade onde nasceu e se criou. Em 1997, recém aprovado em concurso para professor da UFRN, trabalhando no CERES, em Caicó, criou o Coral Sertão Encanto.

Entre 2001 e 2006, integrou, como Tenor, o Madrigal da UFRN, participando de apresentações em Natal e fora do Estado, sob a regência do maestro André Luis Muniz Oliveira, e entre 2011 e 2019, integrou o Grupo Vocal Acorde.

A expressão musical durante a pandemia do Covid-19, então, foi quando o professor retomou o lado musical, adormecido. 

“Sempre era algo secundário na minha vida. Mas, na pandemia, acabei me mobilizando a recuperar esse lado autoral, que eu tinha já há muito tempo”, conta.

Leia também: Sandro Azevedo lança EP fruto da pandemia nesta quinta-feira (02)

Durante o período pandêmico, deu vazão à sua verve autoral, compondo músicas e distribuindo-as, em gravações caseiras, em círculos de amigos e amigas mais próximos, como forma de atenuar os efeitos das incertezas e do distanciamento imposto pelo regime de segurança sanitária. Nascia aí o Projeto “O Jardim Secreto de Stéhpan Dehmía”.

Ficha técnica

DIREÇÃO ARTÍSTICA: Sandro Azevedo

DIREÇÃO MUSICAL: Zé Fontes

PRODUÇÃO: Jamilly Mendonça

MEDIAÇÃO DE IMAGEM E COMUNICAÇÃO: Casa da Flor

ASSESSORIA DE IMPRENSA: Ana Paula Cadengue

OPERAÇÃO DE SOM: Alexandre Maiorino, Rodrigo Vieira, Carlos Henrique Oliveira, Marcel ‘Pineoak’ Carvalho, João Pedro Carvalho Dias, Péricles Filgueira, Kádson Breno e Erik Lucas

OPERAÇÃO DE VÍDEO: Isaías Lucas

BANDA:

Sandro Azevedo (vocal)

Zé Fontes (Baixo)

Ricardo Baya (Guitarra e violões)

Humberto Luiz (Teclados)

Silvio Franco (Bateria)

CONVIDADOS ESPECIAIS:

Airton Guimarães (Baixo Acústico)

Gilberto Cabral (Trombone)

CORPO DE LEITURA PÚBLICA E CANTO LÍRICO DO MULHERIO DAS LETRAS ZILA MAMEDE

Amélia Freire

Ariadne Mendes

Carla Alves

Daliane Cavalcanti

Iatamyra Rocha Freire

Jèssica de Pádua

Josimey Costa

Para ouvir “O Jardim Secreto de Stéhpan Dehmía” nas plataformas digitais, acesse: https://tratore.ffm.to/ojardsecretodestehpandehmia

Serviço

O quê? Concerto Poético Musical “O Jardim Secreto de Stéhpan Dehmía”;

Quando? Sexta-feira, 17 de maio, às 19h30;

Onde? Escola de Música da UFRN;

Entrada gratuita.

Saiba+

#MeGuia | Museus, teatro, forró e Pink Floyd... o que fazer no FDS em Natal

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.