Seminário discute 20 anos do fim do lixão de Natal nesta terça, 25
Natal, RN 17 de jul 2024

Seminário discute 20 anos do fim do lixão de Natal nesta terça, 25

20 de junho de 2024
5min
Seminário discute 20 anos do fim do lixão de Natal nesta terça, 25
Atividade quer resgatar a história do antigo “Forno do Lixo” e pensar alternativas para a situação do local hoje. Foto: Reprodução/Tribuna do Norte

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Seminário “20 Anos do Fim do Lixão de Natal: Avanços e Retrocessos” acontece na próxima terça-feira, 25, das 8h30 às 12h30. A atividade tem como objetivo resgatar a história do “Forno do Lixo”, antigo lixão no bairro de Cidade Nova que foi desativado em 2004, passou por uma transição e tornou-se uma estação de transbordo. A ideia é também debater como o espaço se encontra hoje, além das perspectivas para o futuro. O evento ocorre no Auditório do Museu de Minérios do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), campus central.

O debate quer resgatar a memória do lixão de Cidade Nova, pensando, inclusive, a situação hoje. Alguns questionamentos vão guiar o debate, como: O que mudou desde então? Que destino tiveram os catadores? Como aprimorar as atividades que hoje acontecem no espaço? Entre outros questionamentos que estarão presentes na discussão.

Sérgio Pinheiro, presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) na época do lixão de Cidade Nova, relembra como era.

“Era um caos. Imagine 500 pessoas trabalhando na presença de crianças, urubus, cavalos e os mais diversos tipos de animais e de vetores. E incêndios constantes, que prejudicavam as populações, principalmente dos bairros Guarapes e Felipe Camarão”, narra.

Diante desse cenário, houve o esforço para implantar o aterro sanitário de Ceará Mirim, inaugurado em 2004, e que recebe todo o resíduo gerado em Natal. “E depois, para também fazer a inserção social dos catadores de materiais recicláveis e entidades organizadas”, relembra Pinheiro.

“Não era só fechar o lixão. Tinha que fazer toda uma ação de inserção social dos catadores e das famílias”, conta.

O Seminário que acontece na próxima terça, 25, vem para contar essa história. Para oferecer uma visão abrangente, o evento convidou diversos entes envolvidos no encerramento oficial do lixão e que ainda atuam na atual zona de transbordo: cooperativas de catadores, Ministério Público Estadual e Municipal, representantes do 3º setor, acadêmicos e gestores públicos irão compor os dois painéis do evento, trazendo múltiplas perspectivas sobre o passado, presente e futuro desse espaço. 

Estarão presentes tanto pessoas do poder público da época que estiveram à frente da pauta, quanto as de hoje. João Batista, enquanto promotor de justiça em Natal na época, conduziu a ação para o fechamento do lixão de Cidade Nova, e é um dos convidados para o evento.

“Fico muito honrado com o convite para participar desses 20 anos de fechamento do antigo lixão de Natal e a inauguração do aterro sanitário de Natal”, comenta. “Nós reunimos vários atores importantes para que a gente pudesse ter essa conquista.”

Será relembrado, também, o trabalho do Núcleo de Ação Social de Cidade Nova na época, principalmente com crianças e adolescentes, e que veio a se tornar a Organização Não Governamental (ONG) Gente Feliz, explica Pinheiro. Bucka Dantas também estará presente. O artista, em seus trabalhos na companhia Terramar, em Felipe Camarão, colaborou nas ações de envolvimento cultural do bairro e dos próprios catadores.

Os atores públicos de hoje em dia estarão presentes para discutir o cenário atual, uma vez que, como explica Sérgio Pinheiro, a zona de transbordo em Cidade Nova voltou a receber ação de catadores para coletar o lixo que ainda é jogado na região. A Prefeitura de Natal é uma das convidadas.

“Para discutir um pouco dessa questão da coleta seletiva, inserção social de catadores e ver os caminhos que a gente pode dar hoje à situação que está posta”, explica Pinheiro.

O evento pretende ainda iluminar o debate sobre a gestão dos resíduos sólidos no município e contribuir para que Natal avance em políticas de trabalho digno para os catadores, proteção ambiental e reciclagem de materiais. O Seminário é aberto, e as inscrições poderão ser realizadas no local, no dia do evento.

Programação

08h - Receptivo com café

09h - Abertura do evento

09h10 - Painel 1 - Passado: Lixão de Cidade Nova

10h45 - Painel 2 - Presente e Futuro: 'Zona de Transbordo'

12h15 - Agradecimentos e encerramento

Saiba+

Crescem os questionamentos sobre o destino do lixo de Natal

Prefeitura reabre lixão de Cidade Nova, denuncia deputado

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.