Após fim de greve, UFRN atualiza calendário de 2024 e 2025
Natal, RN 15 de jul 2024

Após fim de greve, UFRN atualiza calendário de 2024 e 2025

27 de junho de 2024
3min
Após fim de greve, UFRN atualiza calendário de 2024 e 2025
Reitoria da UFRN I Foto: Cícero Oliveira

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O novo calendário acadêmico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte foi aprovado, com unanimidade, pelos Conselhos de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e de Administração (Consad), nesta quinta-feira (27). Com o fim da greve dos professores e a volta às aulas, a universidade planejou a reorganização do calendário acadêmico reduzindo as semanas de férias nos semestre de 2024.1 e 2024.2.

O período 2024.1, que estava previsto para ser finalizado em 6 de julho antes da paralisação, passa a ter como data final o dia 31 de agosto de 2024, com um recesso de duas semanas, previsto para começar no dia 2 indo até 13 de setembro de 2024. O segundo semestre do ano, o 2024.2, que começaria no dia 5 de agosto, agora deve começar no dia 16 de setembro indo até 1° de fevereiro de 2025. O recesso deste segundo semestre será de cinco semanas, indo de 3 de fevereiro de 2025 até 7 de março de 2025. 

Já o ano letivo de 2025 vai começar em 17 de março de 2025 e encerrar em 20 de dezembro de 2025, com o recesso indo de 28 de julho até o dia 08 de agosto. Em seguida, o 2025.2 vai começar no dia 11 de agosto de 2025 e finalizar no dia 20 de dezembro, como informou a UFRN.

Segundo a UFRN, além do período de aulas, o Calendário Universitário passou por reajustes em datas e prazos dos demais serviços, atividades e eventos da instituição com todo funcionamento da instituição sendo reajustado. A proposta atual aprovada será publicada no Boletim de Serviço da Instituição.

De acordo com a assessoria da Reitoria, a proposta de reajuste do calendário é fruto do diálogo junto à comunidade universitária e da análise técnica da Pró-Reitoria de Graduação, que foi enviada para apreciação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e aprovadas pelo Consepe e Consad

Fim da greve e volta às aulas 

As aulas da UFRN retornaram nesta segunda-feira (24), depois de quase dois meses de paralisação dos docentes. A maioria dos docentes da instituição decidiu, por plebiscito, encerrar a greve da categoria que já durava 59 dias. A consulta online iniciou às 8h da última quarta (19) e encerrou às 17h da quinta (20). Participaram do plebiscito 1.760 docentes, dos quais 61,48% votaram pelo retorno das atividades, 36,59% pela continuidade do movimento grevista e 1,93% se abstiveram. 

Nesta semana, para o acesso à universidade, voltaram a rodar os ônibus circulares Expresso Reitoria e Expresso C&T, se somando ao Direto e Inverso que não pararam durante a greve. Já os servidores técnico- administrativos se mantêm em greve. 

Leia também: Professores da Ufersa seguem em greve, na contramão da UFRN e IFRN

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.