Cultura Ballroom celebra corpos LGBTQ nesta sexta (21) em Natal
Natal, RN 15 de jul 2024

Cultura Ballroom celebra corpos LGBTQ nesta sexta (21) em Natal

19 de junho de 2024
3min
Cultura Ballroom celebra corpos LGBTQ nesta sexta (21) em Natal
Primeira Ballroom em Parnamirim/RN | foto: Jair Libanio

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Promovendo espaços de segurança e celebração para pessoas LGBTQIAP+, a ballroom Vermelhow Miniball vai acontecer no anfiteatro do Deart, na UFRN, na próxima sexta (21), às 19 horas. Com a temática na cor vermelha, o evento vai ter quatro categorias competitivas, um painel técnico para avaliar as performances e a presença da MC Geja 007 e DJ Jennify C. Ixtranha.

No evento, que recebe o apoio do Diretório Central do Estudantes (DCE) da UFRN e União Estadual dos Estudantes do RN para reforçar a importância de promover a cultura e a arte no ambiente universitário, especialmente durante o contexto de paralisação, as quatro categorias competitivas serão: Face, Old Way, Baby Vogue (New Way e Vogue Femme) e Vogue OTA. Em cada categoria, para competir é preciso levar sua própria interpretação do tema vermelho, celebrando a criatividade e a expressão, usando uma peça de roupa na cor vermelha.

A Vermelhow Miniball conta com um painel técnico de peso para avaliar as performances. O júri será composto por Mãe Vitória Um Milhão de Acúenda, Overall Princess Hiura Baixíssima e Princess Yo Ixtranha . Não só isso, mas o evento também será animado pela MC Geja 007 (@insta.geja) e terá a DJ Jennify C. Ixtranha completando a trilha sonora da noite. 

Ballrrom é uma expressão artística e política 

A cultura Ballroom surgiu como uma expressão artística e política, marcada pela diversidade LGBTQIAP+, que teve origem nas comunidades marginalizadas de Nova York nos anos 60. Este movimento abrange uma gama de atividades, que incluem competições de dança, performances, moda e música e proporcionam um espaço seguro e inclusivo para os participantes expressarem seus talentos e autenticidades.

No Rio Grande do Norte, a comunidade Ballroom é relativamente nova. No total, já foram realizadas cinco Balls no estado e em todas elas houve uma grande adesão do público, promovendo, também, intercâmbio com as cenas de estados vizinhos. No estado, são coletivos, grupos e comunidades como a Casixtranha, Casa de Acúenda e Casa de Baixa Costura que têm dinamizado a cena, promovendo treinos e oficinas. Elas, inclusive, foram as responsáveis por ter organizado a primeira Ball potiguar, que aconteceu em 2023.

Geja 007, organizadora da Vermelhow Miniball, explica a motivação para a realização do evento: “Essa movimentação surgiu da necessidade de manter a comunidade ativa e celebrar o mês do orgulho. Além de oferecer um espaço seguro e vibrante para expressar a arte e a cultura Ballroom, queremos destacar que a universidade é também um território cultural vital, mesmo durante a paralisação”. Ela enfatiza a importância do coração como símbolo: “A imagem do coração resume bem esse lugar em que estamos, uma comunidade que pulsa. É sobre nossa ancestralidade que sangra informação e resistência. Será a primeira Miniball na UFRN, e o Deart é o local ideal para acolher este evento”, diz. 

Para mais informações sobre a Vermelhow Miniball e outras movimentações da cena Ballroom potiguar, siga o perfil no Instagram do Ballroom RN (@Ballroomrn).

Leia também: Conheça a cultural Ballroom no RN; evento celebra corpos LGBTQIAP+

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.