Em Natal, pontos extras de vacinação recebem vacina contra a dengue
Natal, RN 13 de jun 2024

Em Natal, pontos extras de vacinação recebem vacina contra a dengue

6 de junho de 2024
4min
Em Natal, pontos extras de vacinação recebem vacina contra a dengue
Um dos objetivos é reforçar a importância de completar o esquema vacinal com as duas doses do imunizante. Foto: Fabio Rodrigues/Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A vacina contra a dengue em Natal também está disponível  nos pontos extras de vacinação, localizados nos Shoppings Midway Mall e Partage Norte Shopping, desde quarta-feira, 05. A imunização é destinada ao grupo com idade entre 10 e 14 anos. A intenção, de acordo com a Prefeitura de Natal, é ampliar a cobertura vacinal contra a doença e reforçar a importância de completar o esquema vacinal com as duas doses do imunizante.

Isso porque cerca de 5.447 pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina contra a dengue na capital potiguar completaram os 90 dias de intervalo entre as doses e já podem receber a segunda dose do imunizante. Até o dia 03 de maio, 433 pessoas pertencentes ao público alvo procuraram os pontos de vacinação para receber a nova dose, cerca de 7,95%.

“Devido à demanda que vem aumentando, estamos voltando a disponibilizar a vacinação também nos pontos extras, já que os riscos de reações na segunda dose são mínimos. Então, convidamos os pais e responsáveis a verificarem se seu filho já pode receber a segunda dose do imunizante e procurar um dos pontos para completar o esquema de vacinação.”, pontua Nerusca Ramos, chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI).

Agora, além da oferta nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h às 15h, o imunizante passa a ser ofertado também nos pontos extras de vacinação localizados nos Shoppings Midway Mall e Partage Norte Shopping, funcionando de segunda a sexta-feira das 13h às 20h, e no sábado das 15h às 20h.

O esquema vacinal contra a dengue é composto por duas doses do imunizante, com intervalo de três meses entre elas. 

Critérios para vacinação

  • Ter entre 10 e 14 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Levar documento de identificação, cartão de vacinação e comprovante de residência de Natal em nome dos pais da criança.

Brasil tem 80% dos casos de dengue no mundo

O Brasil é o país com o maior número de notificações de dengue em 2024. Já são 6 milhões e 300 mil casos prováveis, sendo mais de 3 milhões confirmados em laboratório. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em todo o mundo foram registrados 7 milhões e 600 mil casos prováveis da doença, sendo 3 milhões e 400 mil confirmados. O número é maior do que todo o ano passado, quando foram registrados 4 milhões e 600 mil casos da doença.

O painel de monitoramento da Organização aponta ainda mais de 3 mil mortes por dengue neste ano.

A OMS orienta que a vacina contra a dengue é apenas uma parte da estratégia de combate à doença, que deve incluir também controle do mosquito transmissor da doença, gestão adequada dos casos e envolvimento comunitário.

Dados da OMS também mostram sobreposição de casos de dengue, chikungunya e zika. Segundo a entidade, o fato de todas serem transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e terem sintomas semelhantes pode resultar em diagnósticos equivocados.

Rio Grande do Norte

O RN enfrenta atualmente uma grande onda de casos de dengue e demais arboviroses, ou seja, doenças que são causadas por vírus transmitidos, principalmente, pelos mosquitos. Só nos primeiros meses de 2024, o estado superou o número de casos notificados para dengue em todo ano de 2023.

Leia também - Casos notificados de dengue no RN em 2024 são maiores que todo 2023

De acordo com dados do Ministério da Saúde, atualmente são mais de 15 mil casos prováveis de dengue no RN, além de 2 óbitos confirmados e 3 em investigação. Segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap/RN) no último dia 28, são 3753 casos confirmados de dengue no estado potiguar. Confira a situação no estado:

Créditos: Sesap/RN
Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.