Pesquisa procura voluntárias com fibromialgia para tratamento
Natal, RN 15 de jul 2024

Pesquisa procura voluntárias com fibromialgia para tratamento

12 de junho de 2024
3min
Pesquisa procura voluntárias com fibromialgia para tratamento
Foto: Pedro França/Agência Senado

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estão em busca de voluntárias para participar de uma pesquisa que atende mulheres com fibromialgia, buscando melhorar os sintomas e investigar se existe alguma preferência das participantes nos exercícios de musculação quando são executados de forma diferente. Estão sendo ofertadas 36 vagas e serão observadas possíveis melhoras nos sintomas das voluntárias. 

A iniciativa é do Departamento de Fisioterapia (DFST) e o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa). O coordenador da pesquisa é o professor Marcelo Cardoso de Souza, do DFST.

As voluntárias devem comparecer ao Studio Fit4, localizado na Avenida Raimundo Chaves, 2214, no bairro Candelária, às terças e quintas, das 11h às 15h para realizar as avaliações e tratamento.

Requisitos para participar

As mulheres que têm interesse em participar da pesquisa devem:

Ter entre 18 e 65 anos;

Possuir diagnóstico médico de fibromialgia;

Não ter praticado musculação nos últimos 6 meses;

Possuir disponibilidade para comparecer uma vez por semana, durante o período de cinco semanas, para as avaliações e tratamento.

Como será o tratamento

Será executado por meio da musculação, com diferentes quantidades de exercícios, com os objetivos de verificar a preferência da paciente, o esforço realizado e o comportamento da dor.

Os profissionais ainda vão avaliar o histórico clínico e os sintomas das pacientes. Com isso, as voluntárias não poderão participar se possuírem diagnóstico de outras condições reumáticas, como artrite reumatoide, lúpus, entre outras doenças; ou não puderem realizar esforço físico.

Também não é possível fazer parte aquelas pacientes que apresentem problemas cardíacos ou articulares que as impeça de realizar os exercícios. Não é recomendado que as voluntárias tenham alguma viagem marcada para as próximas semanas após iniciar o tratamento.

As mulheres que atenderem aos critérios devem contatar o pesquisador Bruno Cavalcanti, por meio do WhatsApp (84) 987459655 e manifestar seu interesse em participar da pesquisa fibromialgia e musculação. Em seguida, os responsáveis pela pesquisa entrarão em contato para realizar o agendamento da avaliação.

O que é fibromialgia?

A fibromialgia é uma condição que se caracteriza por dor muscular generalizada, crônica – por mais de 3 meses –, mas que não apresenta evidência de inflamação nos locais de dor. Ela é acompanhada de sintomas típicos, dificuldades para dormir, sono que não restaura a pessoa; sensibilidade generalizada dos músculos, cansaço, entre outros.

A doença causa dores e desconfortos com duração superior a de 3 meses e que podem sumir e voltar de acordo com alguns gatilhos, como o estresse, o desenvolvimento de doenças ou o acontecimento de eventos traumáticos.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.