Potiguares realizam intervenções culturais e artísticas em Paris
Natal, RN 18 de jul 2024

Potiguares realizam intervenções culturais e artísticas em Paris

13 de junho de 2024
7min
Potiguares realizam intervenções culturais e artísticas em Paris
Sunsarara leva arte potiguar para capital francesa | foto: Reprodução/ cedida

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Antecedendo aos Jogos Olímpicos de 2024 em Paris, dois potiguares estão realizando intervenções urbanas e uma série de eventos artísticos na capital francesa, Sunsarara, artista visual e performer, e Snook Fúria, atleta de breakdance. Juntos, os artistas fizeram suas intervenções dentro do Dia da Cultura Urbana Brasileira, nesta quinta-feira (13), promovido pela agência cultural Terrart, que é gerenciada pelas também potiguares Nízia e Agathae Montecinos.

O Dia da Cultura Brasileira é uma ação do Lab Urbano Paris 2024 ( LAB24), que promove iniciativas artísticas, culturais e sociais, por meio de atividades que valorizam a arte urbana. A ação é coordenada pela associação cultural Pixo, sob direção da também potiguar Agathae Montecinos. O evento acontece em Saint-Ouen, na França, e os artistas vão performar ao lado de outros artistas brasileiros, como a Mag e a inauguração do mural KOBRA, do artista Eduardo Kobra. 

Aliás, essa inauguração acontece como resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Saint-Ouen e o Comitê Olímpico Brasileiro, dentro do projeto “Seja seu próprio herói” , realizado pela esgrimista Nathalie Moellhausen e pelo muralista Kobra. Em entrevista à Agência Saiba Mais, Nizia explicou que o projeto nasceu da parceria da embaixada da França em Recife e que realiza diversas atividades culturais no nordeste. 

“Esse projeto é um laboratório de experimentação de culturas urbanas que foi idealizado pelo consulado da França de Recife, e eles chamaram a Pixo, que é a associação que Agathae é presidente. Agathae é brasileira e potiguar também. E eles pediram pra Pixo ser a produção do projeto e a direção artística. Então, esse projeto existe já faz dois anos, e nos dois anos, a gente trouxe artistas franceses pra fazer residência itinerante no nordeste do Brasil, incluindo sempre Natal. Como parada obrigatória”, explica. 

Laboratório de culturas urbanas olímpicas desenvolve relação de arte e público

O Lab Urbano Paris 2024 - LAB24 é um laboratório de atividades culturais franco-brasileiro de culturas urbanas olímpicas, que tem o objetivo de desenvolver a relação entre a arte, o esporte e o público. Visando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2024, o LAB24 é responsável por iniciativas culturais, artísticas e esportivas envolvendo o Brasil e a França. 

ao esporte e à arte por meio de intercâmbios entre esportistas e artistas, mesas-redondas, cursos de formação, residências e co-criações transdisciplinares. Essas residências e intercâmbios do LAB24 foram lançados em 2022 com estadias realizadas no Brasil, nas cidades de Recife, Fortaleza e Natal. Nízia comenta que sempre fez questão de trazer o projeto para Natal para valorizar e fortalecer o cenário cultural potiguar. 

“Para a gente, é muito importante contribuir e enriquecer a cena artística e cultural do Estado e, mais especificamente, de Natal. O fato de a gente estar trazendo artistas potiguares para cá, é para continuar nesse mesmo caminho que a gente já vem tendo há muitos anos com o projeto Arte Urbana, que é um projeto de residência que a gente também tem em Natal.”, explica a produtora.

“A ideia desse projeto, fazendo aqui na França, é realmente para que os artistas participem de uma residência, de eventos, de trocas, de criações com diversos artistas e por diversos meios, que seja através de roda de conversa, de criações de murais, de workshop, de encontros, de eventos, de participação, de visitas de exposições, de visitas de ateliê, de outros artistas, de coletivos artísticos também. Então, o objetivo é realmente enriquecer e trazer pra Natal as experiências que eles puderam viver aqui na França, em Paris mais especificamente.”, completa. 

Conheça Sunsarara e Snook

Em Paris, a multiartista Sunsarara já realizou dois murais dentro do LAB24 e participou de oficinas de gravura e mesas-redondas sobre arte e cultura no Brasil. Já Snook, disputou campeonatos de breakdance europeu, em Paris e em Saint-Ouen, e também participou do evento The King of Breakers no último dia (8), também em Paris. Vale destacar que o atleta também ganhou um mural com sua imagem

na cidade, pintada pelo artista Bust The Drip. Além disso, Fúria vai participar de intervenções no Spot24, que é o centro dedicado às culturas urbanas dos Jogos Olímpicos, próximo à Torre Eiffel.

Além disso, Sansarara faz intervenções na rua com lambe-lambes, pixos, grafites, e performances e já participou do Laboratório em Natal. Parceira de longa data do projeto, ela também é mochileira, Interventriz Urbana, tatuadora, produtora cultural e gestora do Ateliê SunSarara e do Centro Cultural Goiamum das Artes, em Macaíba.

Sunsarara já pintou dois murais no LAB24 | foto: reprodução/cedida

“O Lab24, sendo um projeto que já aconteceu no Brasil durante duas edições, e este ano sendo o ano dos Jogos Olímpicos aqui em Paris, a gente achou normal, junto com o consulado da França, de fazer uma edição aqui. Para isso a gente convidou artistas que já participaram de projetos com a gente no Brasil e que já tinham tido um pouco essa experiência de residência e no caso da Sunsarara, ela participou igualmente do Lab24 no Brasil no ano passado”, lembra Nízia.

Já Snook Fúria, o Michel Adriano, nasceu em Cuité/PB, mas é radicado em Natal desde 2016. O b-boy, que coleciona prêmios de rap, entrou no mundo do hip hop aos 9 anos, em 2007, e já participou das principais atividades do segmento no RN, participando de um dos grupos de hip hop mais antigos de Natal, o crew/grupo Jesus Flava Gang. 

B-boy Snook Fúria | foto: reprodução/cedida

“A gente decidiu convidar o Snoke porque é um b-boy que participa de muitas competições, que ganha cada vez mais visibilidade e apoiar essa disciplina, que no Brasil ainda tem muita dificuldade para ganhar força. Pra gente muito importante, até porque hoje é o primeiro ano que que o breakdance entra nas modalidades dos Jogos Olímpicos, então nessa mesma caminhada que a gente tem com a arte urbana a gente também está tendo com o breakdance, que é de enriquecer da maneira que a gente puder a cultura urbana da nossa cidade”, completa Montecino.

Realizadores

O projeto LAB24 (Olimpíada Cultural) tem como parceiros Terrart, Prefeitura de Saint-Ouen, Pixo, As 3 Paredes (Paris), Consulado Geral da França no Brasil (Recife), Instituto Francês (França-Brasil), Embaixada do Brasil na França (Paris), Governo do Rio Grande do Norte por meio da Fundação José Augusto (Brasil), Departamento de Seine-Saint-Denis e Associação Les Saisons Martiennes (Noisy-le-Sec). 

O projeto “Seja seu próprio herói” tem a colaboração entre Prefeitura da

Cidade de Saint-Ouen, 5 Touches, Estúdio KOBRA, Terrart, Sequens, Prefeitura de Ile-de-France (financiador), Associação Nacional dos Dirigentes Eleitos do Desporto (Andes) e Hotel MOB.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.