RN prorroga campanha de vacinação contra poliomielite até 30 de junho
Natal, RN 18 de jul 2024

RN prorroga campanha de vacinação contra poliomielite até 30 de junho

19 de junho de 2024
3min
RN prorroga campanha de vacinação contra poliomielite até 30 de junho
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Após ser encerrada com uma cobertura abaixa da esperada, a campanha de vacinação das crianças contra a poliomielite, conhecida como paralisia infantil, foi prorrogada no Rio Grande do Norte até 30 de junho. A campanha foi iniciada dia 27 de maio em todo o Brasil, tendo como público-alvo crianças entre um e quatro anos, 11 meses e 29 dias de idade.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap), a estimativa é de que haja em 167.755 crianças nesta faixa etária. A meta de cobertura vacinal corresponde a 95% desse grupo.

Até terça-feira, 18, os dados do Ministério da Saúde apontavam que 10 municípios potiguares atingiram ou superaram a meta de 95% de cobertura vacinal. Sendo eles:

Caiçara do Rio do Vento (105%);
Parazinho (104%);
Galinhos (101%);
Pedra Grande (101%);
Jandaíra (99%);
Timbaúba dos Batistas (98%);
Pedra Preta (98%);
Frutuoso Gomes (98%);
Umarizal (96%);
Martins (95%).

O objetivo da campanha é reduzir o número de crianças não vacinadas, de modo a evitar o risco de reintrodução no Brasil do poliovírus, responsável por causar a paralisia infantil, que tem a vacinação como a única forma de prevenção da doença.

A campanha de 2024 inicia a fase de transição na substituição da prevenção contra a paralisia infantil das duas doses da vacina oral contra a pólio para apenas um reforço com a vacina injetável. A partir do próximo semestre, o esquema de proteção e a dose de reforço serão feitos apenas com a injetável, de acordo com o Ministério da Saúde.

Riscos

Desde 1989, não se registram casos de poliomielite no país, que tem a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem há 30 anos. O último caso de infecção, em 1989, foi na Paraíba.

Porém, em 2023, o país foi classificado como alto risco para a reintrodução do vírus pela Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite na Região das Américas (RCC), por conta das coberturas vacinais, dos indicadores de vigilância epidemiológica das paralisias flácidas agudas (PFA) e do status de contenção laboratorial dos poliovírus.

O ministério alerta que a vacinação é a única forma de prevenção da doença. E a cobertura vacinal da poliomielite tem apresentado resultados abaixo da meta de 95% desde 2016. “Vacinem as crianças, para que elas não sofram com as sequelas de doenças que podem ser evitadas”, pede o órgão.

Confira pontos de vacinação em Natal

Unidades Básicas de Saúde - segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h às 15h;

Pontos extras localizados nos Shoppings Midway Mall e Partage Norte Shopping - de segunda a sexta-feira, das 13h às 20h, e aos sábados, das 15h às 20h.

Leia também

Cidades potiguares lideram ranking de cobertura vacinal contra pólio

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.