Setor de reciclagem atinge mais de 20 mil empregos no RN
Natal, RN 18 de jul 2024

Setor de reciclagem atinge mais de 20 mil empregos no RN

14 de junho de 2024
5min
Setor de reciclagem atinge mais de 20 mil empregos no RN
Foto: Humberto Sales

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O setor de reciclagem no Rio Grande do Norte alcançou a marca de 22 mil empregos diretos e indiretos no nosso estado e prevê um crescimento de mais 20% até o final de 2025. As informações foram divulgadas durante a abertura do 3º Fórum de Reciclagem de Resíduos Sólidos do RN, que aconteceu nesta quinta-feira, 13, na Casa da Indústria, sede da Federação das Indústrias (FIERN).

Com a presença de autoridades públicas, empresários e trabalhadores, o presidente do Sindicato das Indústrias de Reciclagem e Descartáveis do RN (SindRecicla-RN), Etelvino Patrício, abriu o evento firmado no calendário regional de iniciativas voltadas à reciclagem. O fórum traz como tema principal a responsabilidade compartilhada, desde a geração até a destinação de resíduos.

Etelvino Patrício destacou a importância do associativismo para o crescimento da indústria de reciclagem e descartáveis no RN.

“Nos últimos dez anos, nosso setor cresceu mais de 300% graças ao associativismo e pela sensibilidade do Governo Estadual de incentivar a atividade. Aumentamos a oferta de empregos diretos e indiretos no mesmo sentido, chegando a marca de 22 mil. Nosso trabalho agora é para ampliar em mais 20% esses números até o final de 2025”, afirmou.
 
O presidente da FIERN, Roberto Serquiz, ressaltou a transversalidade da atividade de reciclagem, que dialoga com todos os segmentos produtivos por oferecer uma destinação adequada para resíduos e retornar esses materiais para as cadeias produtivas.

“Os novos modelos de produção e consumo surgidos neste século, com automação e digitalização de diversos processos, exigiram um uso ainda maior de recursos. A indústria da reciclagem entra neste contexto, para gerir os resíduos gerados por essa cadeia, evitar que esse material seja destinado para aterros e lixões e faz com que volte para a cadeia produtiva”, declarou Serquiz.

A governadora Fátima Bezerra também participou da abertura do fórum e anunciou a criação da Bolsa Catador, que deve auxiliar financeiramente cooperativas e associações de catadores “para fomentar cada vez mais essa atividade que é a base da indústria de reciclagem”.
 
Fátima ainda lembrou da criação do ICMS ecológico e da Política Estadual de Resíduos Sólidos, que prevê a promoção da indústria de reciclagem e o reconhecimento do resíduo reutilizado como bem de interesse econômico.

“Nossa gestão incluiu o setor da reciclagem no PROEDI (Programa de Estímulo ao Desenvolvimento Industrial do RN), possibilitando geração de emprego e renda e promoção da saúde e preservação do meio ambiente no nosso estado”, ressaltou a governadora.

O deputado estadual Hermano Morais, representante da Assembleia Legislativa do RN no evento, afirmou que o Rio Grande do Norte é referência em sustentabilidade.

“Já somos historicamente líderes na produção de energia eólica, mas também passamos a ser referência em reciclagem”, pontuou. “É de interesse comum o desenvolvimento com sustentabilidade e é isso que promove a indústria de reciclagem do RN”.

Também participaram da abertura a subprocuradora do trabalho do Ministério Público do Trabalho, Ileana Neiva; o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN, Paulo Varella; o secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Silvio Torquato; e o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Thiago Mesquita.

Programação
 
Além de estandes de exibição de produtos e serviços das empresas e instituições parceiras do evento, o 3º Fórum de Reciclagem de Resíduos Sólidos conta com uma programação de palestras. Entre os participantes, destacam-se Aline Sousa, diretora presidente da Central das Cooperativas de Trabalho de Matérias Recicláveis (Centcoop); Geraldo Rufino, fundador da maior empresa de reciclagem de peças de caminhões do país; Fabrício Soler, professor, advogado especialista em Direito dos Resíduos e Direito Ambiental e consultor da Organização das Nações Unidas (ONU); e Luciana Balbino, empresária com forte atuação no turismo criativo e eleita uma das 100 mulheres mais poderosas do agronegócio pela revista Forbes.
 
O evento segue até esta sexta-feira, 14, até 18h, com painéis, palestras e apresentações culturais relacionadas ao tema.

O evento conta com os seguintes parceiros: Sicred, Recicla-RN, Reciaço, JPatricios, Lippel, Byd – Carmais, Confea, Cril, Inesfa, Sindcer, Singraf, Recinfo, Bioma Soluções, Café Santa Clara, Natal Shopping, Sadio, Fardar, Grimaldi, Sterbom, Vila Coxinha, Massas São Sebastião, Sebrae-RN e Semurb, além da FIERN.

Saiba+

Crescem os questionamentos sobre o destino do lixo de Natal

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.