7 mil alunos de escolas estaduais em Natal e Grande Natal receberão chips com internet
Natal, RN 15 de jul 2024

7 mil alunos de escolas estaduais em Natal e Grande Natal receberão chips com internet

8 de julho de 2024
3min
7 mil alunos de escolas estaduais em Natal e Grande Natal receberão chips com internet
Caminhos da reportagem | TV Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Mais de 7 mil estudantes de escolas estaduais em Natal e grande Natal vão receber chips de celular com pacotes de 20 gb de internet nesta segunda-feira (8). A entrega faz parte do programa Internet Brasil, e tem como objetivo integrar e levar conexão para alunos de famílias de baixa renda, que terão acesso à internet na escola, ou fora dela, para estudar. 

Os alunos da rede pública estadual de ensino em Natal e região metropolitana e as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) terão acesso ao benefício, que será distribuído pela Secretaria de Estado da Educação. Os chips entregues terão pacote de internet móvel de 20 Gb e serão recarregados mensalmente para acesso a conexão a banda larga.

Vale ressaltar que os chips entregues são neutros e não possuem vínculos com operadoras de telefonia, não ficando dependentes de somente uma empresa contratada e podendo se conectar à rede 3G ou 4G. No entanto, os estudantes atendidos já devem ter um aparelho de telefone celular para acessar à internet pelo chip disponibilizado pelo programa, de acordo com o Gov.

Internet Brasil

O Internet Brasil é uma das iniciativas do Ministério das Comunicações junto com o Ministério da Educação, e é executado pela RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa) para levar conexão à internet e inclusão digital para famílias de baixa renda. O acesso à internet se dá através da disponibilização de chips e pacotes de dados que são recarregados mensalmente. A ideia do programa é permitir que alunos acessem os recursos educacionais digitais em suas casas.

O estado do Rio Grande do Norte foi inserido no Programa em março de 2024, ao mesmo tempo em que Amapá, Bahia, Pará e Maranhão. O grupo possui as piores avaliações do ensino médio, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Antes disso, o RN fez parte do projeto Nordeste Conectado, que atendia os municípios de Caicó e Mossoró, com o objetivo promover a interiorização da cyber estrutura das telecomunicações da região nordeste. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.