Ministério da Justiça oficializa diretor da Penitenciária de Mossoró
Natal, RN 15 de jul 2024

Ministério da Justiça oficializa diretor da Penitenciária de Mossoró

9 de julho de 2024
3min
Ministério da Justiça oficializa diretor da Penitenciária de Mossoró
Foto: reprodução

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Ministério da Justiça oficializou Roderick Ordakowski como diretor da Penitenciária Federal de Mossoró. Ele estava no cargo desde abril como substituto, mas agora fica definitivamente na função. O governo ainda prorrogou a permanência da Força Penal Nacional por 60 dias. As portarias foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta terça (9).

Roderick chegou à Mossoró uma semana após a recaptura da dupla Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, que escapou em 14 de fevereiro e só foi recapturada em 4 de abril, 50 dias depois, em Marabá (PA). Os dois presos foram os primeiros a conseguir fugir do sistema penitenciário federal, que inclui ainda penitenciárias em Brasília (DF), Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO). A operação de recaptura custou ao todo cerca de R$ 6 milhões.

Na época da fuga, o presídio estava sob comando de Humberto Gleydson Fontinele Alencar, que foi afastado e posteriormente dispensado do cargo em abril. Depois, entrou Carlos Luís Vieira Pires como interino.

Antes, Roderick Ordakowski era o diretor da Penitenciária Federal de Porto Velho. Ele é formado em Direito na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e é servidor público na área desde 2009. 

Já atuou na Penitenciária de Campo Grande. Em 2017, esteve na equipe da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) de Alcaçuz e entre 2018 e 2019, na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Roraima.

Força Penal Nacional

Além da oficialização de Ordakowski, o Ministério da Justiça autorizou, excepcionalmente, a prorrogação do emprego da Força Penal Nacional, em caráter episódico e planejado, em apoio ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, para treinamento, alinhamento de procedimentos de segurança e fluxos administrativos específicos, por 60 dias, no período de 9 de julho a 6 de setembro de 2024.

Os treinamentos serão realizados na Unidade Prisional Rogério Coutinho Madruga e serão coordenados pela Secretaria Nacional de Políticas Penais, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

De acordo com o documento, o número de profissionais a ser disponibilizado pelo Ministério obedecerá ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.