Pinacoteca: exposição e seminário mostram a cultura que existe e resiste no Nordeste
Natal, RN 15 de jul 2024

Pinacoteca: exposição e seminário mostram a cultura que existe e resiste no Nordeste

4 de julho de 2024
5min
Pinacoteca: exposição e seminário mostram a cultura que existe e resiste no Nordeste

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Quer conhecer um pouco mais da rica e diversa cultura nordestina? A oportunidade começa nesta quinta-feira (4), quando tem início, às 19h, a exposição "Nordeste Expandido" na Pinacoteca do Estado. A mostra reúne 215 obras de 107 artistas, adquiridas pelo Banco do Nordeste em comemoração aos seus 70 anos, e está percorrendo 15 capitais brasileiras. Natal é a terceira parada desta itinerância, que foi considerada a terceira melhor coletiva de arte do país em 2023 pela Revista Celeste Select. Além da exposição - que fica aberta para visitação até o dia 24 de agosto - nos próximos três dias haverá o seminário "Nordeste Expandido: : estratégias de (re)existir", com debates, mesas redondas e apresentações que vão movimentar a cultura em Natal.

A exposição oferece uma rica diversidade de expressões artísticas, incluindo xilogravuras, arte popular e várias técnicas das artes visuais como vídeos, objetos, esculturas, pinturas, desenhos e instalações. As obras, que anteriormente estavam expostas na galeria do Centro Cultural Banco do Nordeste em Fortaleza, representam um compromisso com a equidade de território, gênero, raça e etnia.

Segundo a curadora Jacqueline Medeiros“É importante falar que essa exposição faz parte de todo um processo do Banco do Nordeste Cultural no Rio Grande do Norte. Desde agosto de 2022, com a primeira exposição na Pinacoteca do Estado (Novas Aquisições), a gente fez mais duas mostras, com curadoria local e incluindo 12 artistas do interior do estado. Ainda estamos iniciando o projeto Galerias Urbanas, que vai levar arte popular e grafite às fachadas das agências Assú, Caicó, Currais Novos, Macau e Pau dos Ferros, homenageando artistas da música local”, pontua a curadora Jacqueline Medeiros.”

Ela lembra que o conjunto de ações da atuação do Banco do Nordeste Cultural no Rio Grande do Norte inclui, ainda, a instalação de um Centro Cultural em Mossoró. O projeto está na fase de adequação do prédio do antigo teatro Lauro Monte.

SEMINÁRIO DEBATE AS FORMAS DA CULTURA EXISTIR E RESISTIR

Junto à exposição, será realizado até sábado o seminário homônimo "Nordeste Expandido: estratégias de (re)existir", no mesmo local. O evento contará com performances e rodas de conversa com artistas e pesquisadores de nove estados. A programação do seminário começa com a performance "Brinquedo: de onde surgem os sonhos?", da artista maranhense Tieta Macau.

Os debates e performances coletivas visam articular o fazer artístico contemporâneo no Nordeste, abordando temas como contornos políticos, o pensar social sobre a arte e a interseção entre arte e educação. Entre os participantes estão Heitor Dutra (PE), Gabi Coelho (AL), Consuelo Véa Coroca (RN), Iyá Boaventura (BA), Tieta Macau (MA), Maria dos Mares (PB), Cláudia Nên (SE), Bárbara Carnielli (ES) e Fabíola Alves (RN), garantindo uma pluralidade de perspectivas.

Além disso, o Banco do Nordeste está iniciando o projeto "Galerias Urbanas", que levará arte popular e grafite às fachadas das agências em Assú, Caicó, Currais Novos, Macau e Pau dos Ferros, homenageando artistas da música local. Outro projeto significativo é a instalação de um Centro Cultural em Mossoró, atualmente na fase de adequação do prédio do antigo teatro Lauro Monte.

Serviço:

Exposição "Nordeste Expandido"
Período: de 4 de julho a 24 de agosto (entrada gratuita)
Abertura: 19h 

Programação do "Seminário Nordeste Expandido: estratégias de (re)existir"
Quinta-feira (04/07)

  • 16H40 - CAFÉ
  • 17H - RODA DE CONVERSA
    NA LUA CLARA VEM DANÇAR
    Força, existência e devir. A pintura e o desenho através das experimentações do corpo.
    Heitor Dutra (PE)
    Consuelo Véa Coroca (RN)
    Alcino Fernandes (RN)
    Iyá Boaventura (BA)
    MEDIAÇÃO
    Max Pereira (RN)
  • 19H - ABERTURA DA EXPOSIÇÃO
    PERFORMANCE
    BRINQUEDO: DE ONDE SURGEM OS SONHOS?Tieta Macau (MA)
  • 19H40 - DJ Urucum

Sexta-Feira (05/07)

  • 8H  - PERFORMANCE
    PROJETO "TRABALHO ABSTRATO"
    Ton Bezerra (MA)
  • 16H - RODA DE CONVERSA
    PALAVRAS GERADORAS
    Arte e educação atreladas aos movimentos da cidade
    Civone Medeiros (RN)
    Fabiola Alves/ Acervo Rossine Perez (RN)
    MEDIAÇÃO
    Sanzia Pinheiro (RN)
  • 17H10 - CAFÉ
  • 17H30 - RODA DE CONVERSA
    VIR VER OU VIR
    Pensar social e antropológico sobre a arte
    Manoel Ricardo de Lima (PI)
    Maria do Mares (PB)
    Claudia Nén (SE)
    MEDIAÇÃO
    Sofia Bauchowitz (RN)

Sábado (06/07)

  • 9H - RODA DE CONVERSA
    VENTO A VIDA ESPALHOU
    Gabi Coêlho (AL)
    Osani (RN)
    Barbara Carnielli (ES)
    MEDIAÇÃO
    Paula Lima/ Margem HUB (RN)
  • 10H30 - CAFÉ
  • 11H - RODA DE CONVERSA
    CANTO E DANÇO QUE DARA
    Contornos políticos e sociais das estruturas corporais. A pensar nos movimentos transitantes.
    Ton Bezerra (MA)
    André Bezerra (RN)
    Tieta Macau (MA)
    MEDIAÇÃO
    Max Pereira (RN)
Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.