Quatro curtas potiguares estão em exibição no Festival Cena Nordeste
Natal, RN 15 de jul 2024

Quatro curtas potiguares estão em exibição no Festival Cena Nordeste

6 de julho de 2024
3min
Quatro curtas potiguares estão em exibição no Festival Cena Nordeste

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A terceira edição do Festival Cena Nordeste, que acontece no Centro Histórico de São Luís, no Maranhão, está exibindo quatro curtas potiguares. O evento, que começou nesta sexta-feira (05) e segue até sábado (06), integra música, teatro, artes visuais, audiovisuais, dança e arte circense.

Realizado pelo Consórcio Nordeste com apoio das Secretarias de Cultura dos nove estados nordestinos, o festival selecionou os curtas-metragens "Moventes" de Jefferson Cabral e "Time de Dóis" de André Santos, ambos de Natal, além de "Alumbrado" de Catarina Calungueira, de Ipueira, e "Possidônio" de Igor Gomes, de Caicó, representando o Seridó.

O Cena Nordeste é um projeto itinerante, que objetiva proporcionar um intercâmbio artístico cultural que, em cada edição, reúne expressões da arte e cultura nordestinas, promovendo o acesso à cultura regional. O Maranhão é o terceiro estado a receber o festival. A capital potiguar sediará o festival nos dias 21 e 22 de setembro.

Sobre os curtas

"Moventes" traz um retrato particular sobre a migração de uma família de Natal para São Paulo. E o "Time de Dóis" aborda a relação entre Flávio e Wendel, dois jovens que compartilham o sonho de serem jogadores profissionais e percebem que o que eles sentem um pelo outro pode ser mais que amizade.

Os curtas do Seridó, "Alumbrado" e "Possidônio", foram produzidos a partir de um laboratório para jovens roteiristas, promovido pelo Festival de Cinema Curta Caicó em sua edição de 2023. O festival, que chega à sua 7ª edição em outubro deste ano, continua a fomentar a produção cinematográfica na região.

"Alumbrado" conta a história de Marcelino de Zé Limão, um bonequeiro do Sítio Pau Lagoa, em Cruzeta, que há 70 anos mantém viva a arte do mamulengo. Já "Possidônio" traz a trajetória de Possidônio, membro dos Negros do Rosário de Caicó e defensor da cultura afro-brasileira.

Próximas edições

Após a capital maranhense, os encontros do Festival Cena Nordeste ocorrerão em Teresina (2 e 3 de agosto), Olinda (31 de agosto e 1º de setembro), Natal (21 e 22 de setembro), Aracaju (11 e 12 de outubro), Fortaleza (16 e 17 de novembro) e Salvador (7 e 8 de dezembro).

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.