SAIBA MAIS e NESC/UFRN: parceria debate saúde pública com foco nas eleições
Natal, RN 15 de jul 2024

SAIBA MAIS e NESC/UFRN: parceria debate saúde pública com foco nas eleições

7 de julho de 2024
4min
SAIBA MAIS e NESC/UFRN: parceria debate saúde pública com foco nas eleições

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Agência SAIBA MAIS inicia neste domingo (7) uma parceria com o Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva (NESC) da UFRN voltada para o debate sobre a saúde pública com foco nas eleições municipais. 

Essa é a segunda parceria firmada pela SAIBA MAIS com pesquisadores da UFRN no período pré-eleitoral. Desde de fevereiro, o veículo publica artigos de professores ligados ao Instituto Nacional Observatório das Metrópoles com temas relacionados ao direito à cidade.  

A proposta de colaboração com o NESC prevê a divulgação de artigos semanais que estimulem o debate ligados à pautas da saúde coletiva de interesse público. Entre os temas já definidos pelo núcleo estão o SUS e as eleições municipais; o SUS e as responsabilidades dos municípiosA Atenção Primária como responsabilidade municipal e seus efeitos na atenção à saúde dos cidadãos; a Vacinação e a proteção da vida; entre outras pautas. 

Na estreia, neste domingo, o médico sanitarista Cipriano Maia escreve sobre o SUS e as eleições municipais. Além de estudioso do SUS, Maia é ex-secretário municipal de Saúde de Natal e ex-secretário de Estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte.

Leia também - O SUS e as eleições municipais

Segundo ele, a parceria com a agência SAIBA MAIS é de extrema relevância num momento em que o SUS vem sendo reconstruído em nível nacional, mas segue sofrendo ataques do Parlamento e de setores privados:

- Apesar de termos união e compromisso com a consolidação do SUS e com a superação do atraso causado pelos governos Temer e Bolsonaro, o SUS se faz nos estados e municípios. Sabemos dos ataques por parte do Parlamento e dos interesses privados que não querem que o SUS se consolide. Então esse momento pré-eleitoral é extremamente importante para fazer o debate. E no pós-eleição é um tema que deve estar sempre presente no dia-a-dia da população porque o SUS, como toda politica publica, tem que ser uma política permanente. E no momento que a população, que é a beneficiária do cuidado e da atenção do SUS, relaxa sua vigilância e defesa, os interesses privados vão se atravessando e procurando inviabilizá-lo para que as vozes do mercado, da saúde privada possam prevalecer”, explicou, antes de destacar o papel da SAIBA MAIS nesse processo:

- Essa parceria com um meio de comunicação, um portal importante como a SAIBA MAIS, é importante para que isso possa ecoar no cotidiano periódico das pessoas que tenham acesso à publicação, das pessoas que tenham o jornal como referência para o debate democrático com temas importantes como cidadania, política pública. É isso que acredito que o NESC deve buscar consolidar, para que a gente possa nos manter vigilantes e manter a população mobilizada para defender o direito à saúde dentro da concepção de direito à cidadania”, afirmou. 

Na mesma linha, o coordenador do NESC da UFRN, Matheus Mata, destaca a necessidade de um balanço crítico público sobre a atuação dos municípios na consolidação do SUS. 

- Não é sempre que os meios de comunicação tratam dos direitos sociais como interesse da maioria da população e muitas vezes os trazem como gasto, outras vezes nas páginas policiais. Surgiu então a ideia de tratar da saúde pública como um dos elementos-chave para a escolha de prefeitos e vereadores, levando uma abordagem técnica, uma vez que os textos serão produzidos por professores com expertise na área, sem incorrer no academicismo, já que se busca atingir um público amplo e diverso. A Saiba Mais, por ser uma publicação que abre espaço para a diversidade de ideias e que promove um debate responsável e sério, será o parceiro nessa divulgação da saúde pública como um dos temas centrais das eleições que se aproximam. Soma-se, portanto, à Universidade no cumprimento de um de seus papéis sociais que é levar conhecimento à sociedade, sobretudo em um momento tão relevante para a democracia, que são as eleições", afirma.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.