Cellina Muniz

As filhas de Inana e Enheduana

A escritora, pesquisadora e professora da UFRN Cellina Muniz vai buscar o primeiro texto da História ao qual se atribui uma autoria para debater o papel da mulher e os incômodos de uma parcela da sociedade com o empoderamento feminino

Vamos ao debate. E ao riso!

Cellina Muniz faz reflexão e humor sobre o debate dos presidenciáveis

Questão de karma

A escritora, pesquisadora e professora da UFRN Cellina Muniz transforma em conto mais um caso de hipocrisia dos cidadãos de bem da classe média brasileira

Livros, magias, etc

A pesquisadora, escritora e professora da UFRN Cellina Muniz virou a chave, trocou a cerveja pelos chás e deixou o lado bruxa aflorar nos últimos dias.

Ainda entre a realidade e a ficção

A escritora, pesquisadora e professora da UFRN Cellina Muniz escreve sobre o livro “Causos da Comarca de Barnabé”

Entre a realidade e a ficção

Conhece o romance “Causos da Comarca de São Barnabé” ? O juiz do Tribunal de Justiça do Paraná Rafael Rabaldo Bottan leu, não gostou e vestiu a carapuça. A pesquisadora, escritora e professora da UFRN Cellina Muniz escreve sobre a treta

Academia de Letras, para quê ?

A pesquisadora, professora e escritora Cellina Muniz defende a candidatura da jornalista e escritora Josimey Costa para a Academia Norte-riograndense de Letras

Um baú de turco

A pesquisadora, professora e escritora Celina Muniz escreve sobre a reedição de Bahú de Turco, de Sá-Poty, pseudônimo do jornalista e escritor Pedro Lopes Júnior

Um tapa na cara do “engraçadinho”

Qual o limite do humor ? A pesquisadora, escritora e professora Cellina Muniz traz o debate à luz dos nossos dias

Nós, mulheres: bruxas

A escritora, pesquisadora e professora da UFRN Cellina Muniz resgata o livro “A história da bruxaria” para lembrar que a resistência das mulheres vem de longe e hoje é uma questão de dívida história e dignidade humana