Luiz Henrique Gomes

Médica conhecida por divulgar notícias falsas faz protesto sem adesão em Natal contra vacinação de crianças

Conhecida pela divulgação de notícias falsas, a médica infectologista Roberta Lacerda foi às ruas de Natal nesta terça-feira, 4, para se colocar contra a vacinação para crianças de 5 a 11 por covid-19. Em vídeos divulgados nas redes sociais, a médica fala em um carro de som próximo ao Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), onde atua, e chama a vacina de ‘experimental’.

Revisão do Plano Diretor de Natal quebra histórico de proteção e compromete qualidade de vida da cidade, afirma urbanista Ruth Ataíde

Para a urbanista, ativista e professora da UFRN Ruth Ataíde, apesar do conhecimento de algumas linhas gerais – como o aumento de gabarito da cidade -, o número de modificações torna a revisão desconhecida e pode gerar insegurança jurídica.

Imagem mostra Henrique e Garibaldi Alves lado a lado; os dois romperam relações políticas depois de 2018

Garibaldi confirma rompimento com Henrique Alves e divisão afeta articulações do MDB para as eleições

O ex-senador Garibaldi Alves (MDB) afirmou nesta segunda-feira, 3, que ele e o filho, o deputado federal Walter Alves, estão rompidos politicamente com o ex-ministro Henrique Alves. A divisão afeta diretamente as articulações do MDB para as eleições deste ano, que tem como maior visibilidade o diálogo com o PT para uma aliança, e fragiliza a influência interna de Henrique.

STJ suspende liminar que garantia reajuste de salário a vereadores de Natal

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu na última sexta-feira, 31, a liminar do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que garantia o reajuste de salário a vereadores de Natal este ano. A decisão, assinada pelo presidente do STJ, o ministro Humberto Martins, atendeu um pedido do Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN) e foi tomada “para evitar lesão grave à ordem e à economia públicas”.

Andifes avalia ir ao STF contra decisão do MEC que proíbe passaporte de vacina nas universidades

Andifes avalia entrar na próxima semana com uma ação no STF contra a decisão do Ministério da Educação de proibir as universidades federais de exigir a vacinação contra a covid-19. Para a entidade, decisão desrespeita a autonomia universitária.