Pedro Torres

Pesquisador e jornalista com foco em direitos humanos, política e tecnologia baseado em Natal/RN. CONTATO: pedrohtorres@outlook.com

Conselho de Medicina ameaça cobrar na Justiça permanência do hospital Ruy Pereira

A justificativa para a abertura da ação civil é de que houve um aumento expressivo na demanda de serviços especializados em doenças vasculares. Conselho estadual de Saúde sugeriu fechamento da unidade por falta de estrutura

RN receberá R$ 140 milhões a menos em repasse do pré-sal

A Câmara dos Deputados aprovou novo critério na distribuição de recursos da cessão onerosa do pré-sal para os Estados. Com isso, o RN deverá receber R$ 330 milhões, R$ 140 milhões a menos do que estava previsto no cálculo anterior.

RN vai receber apenas dois médicos do novo programa Mais Médicos pelo Brasil

O programa Mais Médicos pelo Brasil substitui o Mais Médicos, criados no governo Dilma Rousseff (PT). O Rio Grande do Norte só receberá mais profissionais de saúde que Sergipe, contemplado com apenas um médico.

Detran vai abrir processo administrativo para investigar exposição dos dados de 70 milhões de motoristas

Como o sistema dos departamentos são integrados, a falha de segurança no banco de dados do Estado permitiu que todos os dados disponíveis sobre os cidadãos pudessem ser acessados somente com a pesquisa pelo número do CPF. 

Governo vai usar Hospital da Polícia para desafogar Ruy Pereira

Um termo de cooperação entre será assinado num prazo de até 15 dias para encaminhar, prioritariamente, pacientes com perfil cirúrgico.  Conselho estadual de Saúde recomendou a interdição do hospital Ruy Pereira 

Forças Armadas vão atuar na gestão educacional e didático-pedagógica das escolas cívicos-militares

O anúncio pelo Ministério da Educação de que os militares só terão participação na gestão educacional e administrativa das escolas cívico-militares é desmentido pelo próprio decreto que institui o programa nacional.

Médicos suspendem 700 cirurgias no RN e cobram repasse de R$ 20 milhões do Governo

De acordo com a Cooperativa Médica do RN (Coopmed), o Governo não repassou pagamentos dos meses de abril, maio, junho e julho. Sesap espera quitar dívida em três meses e negocia retorno das cirurgias.