TRANSPARÊNCIA

Natal descumpre orientação da Sesap na vacinação infantil e SMS diz que municípios têm autonomia para definir estratégia

Pela nota técnica Nº 4/2022 da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) para vacinação infantil, depois das crianças entre 05 e 11 anos de idade com comorbidades e deficiência, deveriam ser vacinadas as crianças na mesma faixa etária, porém sem comorbidades e deficiência. O motivo, é que essa foi a faixa etária com maior quantidade de óbitos no público infantil no Rio Grande do Norte.

No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal decidiu não seguir essa recomendação e, depois de um primeiro dia de imunização de crianças entre 05 e 11 anos de idade com comorbidades e deficiência na última terça (18) – quando 327 crianças foram vacinadas – deu início à vacinação das crianças entre 10 e 11 anos nesta quinta (20).

A SMS justificou que os municípios têm autonomia para definir sua estratégia de vacinação. A nota técnica da Sesap reconhece essa autonomia para que os municípios se planejem de acordo com a realidade local. Porém, o documento também cita que deve ser seguida a ordem crescente na imunização do público infantil.

A estratégia inicial é que a vacina seja oferecida a crianças com comorbidades, deficiência permanente, indígenas e quilombolas e em seguida para os grupos etários (inicialmente as de 05 anos, seguindo em ordem crescente até as de 11 anos) baseando-se no cenário epidemiológico do Estado do Rio Grande do Norte (OBS.: em casos de sobras de doses nos frascos os municípios poderão também fazer o chamamento das demais crianças na faixa etária elegível). Após a vacinação das crianças dos grupos prioritários, os municípios podem dar continuidade na campanha de acordo com a sua realidade local, mas sempre na ordem crescente”, traz um trecho da Nota Técnica da Sesap.

Atualmente, o Rio Grande do Norte tem 350 mil crianças nessa faixa etária dos 5 e 11 anos. O Ministério da Saúde enviou um primeiro lote de vacinas da Pfizer no dia 14 com 20.900 doses, menos de 10% do total necessário. Já no dia 18, foram enviadas mais 20.900 doses, sendo 3.500 destinadas às populações indígena e quilombola dos municípios que responderam o questionário da imunização.

A recomendação os pais ou responsáveis façam antecipadamente o cadastro da criança no RN Mais Vacina. No caso de Natal, os detalhes sobre a vacinação, documentos necessários e a situação das filas estão disponíveis na plataforma https://vacina.natal.rn.gov.br/.

Quem pode se vacinar hoje em Natal?

Primeira dose – Crianças de 5 a 11 anos (11 meses e 29 dias) com comorbidades ou deficiência permanente e crianças de 10 e 11 anos (11 meses e 29 dias) sem comorbidades.

Segunda dose – O intervalo da primeira e segunda dose são de oito semanas

Deve-se observar que a criança só pode tomar a vacina contra covid se estiver com intervalo de 15 dias das vacinas de rotina. A dosagem infantil da vacina contra Covid-19 também é diferente: são 0,2 ml.

A criança de 11 anos que iniciar o esquema vacinal e completar 12 anos durante o intervalo de oito semanas vai receber obrigatoriamente a mesma dosagem da vacina, 0,2 ml.

LOCAIS:

Sala de vacina no shopping Midway Mall com funcionamento de terça a domingo das 10h às 21h.

Sala de vacina no Partage Norte Shopping com funcionamento de terça a domingo das 14h às 20h.

10 salas de vacinação em UBS com horário de funcionamento de segunda a sexta-feira das 8h às 15h (com intervalo de 60 minutos para almoço):

Norte 1:

UBS Pajuçara: Rua  Maracaí, S/N, Conjunto Pajuçara

USF Nova Natal : Rua  Do Pastoril, Nova Natal, Lagoa Azul

Norte 2:

USF Vale Dourado:  Rua Irmã Vitória, N° 02, Igapó

USF Panatis:  Rua Das Pimenteiras, S/N, Panatis

Sul:

UBS Ponta Negra: Rua Dr. José Medeiros, 01. Ponta Negra

UBS Planalto: Rua Miramangue, 08. Planalto

Leste:

USF Rocas: Rua Francisco Bicalho, S/N, Rocas

UBS Alecrim: Rua Fonseca e  Silva, N° 1129, Alecrim

Oeste:

UM Felipe Camarão II: Rua Santa Cristina, N° 882, Felipe Camarão

USF Bairro Nordeste: Rua alto da Bela Vista, N° 492, Bairro Nordeste

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Previous ArticleNext Article