Vereadora pede que MPE apure origem de cartaz da “Cuscuz Clan” associado a Girão e Bolsonaro
Natal, RN 17 de abr 2024

Vereadora pede que MPE apure origem de cartaz da “Cuscuz Clan” associado a Girão e Bolsonaro

17 de setembro de 2022
4min
Vereadora pede que MPE apure origem de cartaz da “Cuscuz Clan” associado a Girão e Bolsonaro

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A vereadora de Natal, Brisa Bracchi (PT), fez uma representação ao Ministério Público Eleitoral (MPE) para que investigue a origem de um cartaz escrito “Cuscuz Clan” — em referência ao movimento supremacista branco dos EUA, Ku Klux Klan — com a imagem do deputado federal General Girão (PL), do presidente Jair Bolsonaro (PL) e da primeira-dama Michelle Bolsonaro. A imagem circulou nas redes sociais na quarta-feira (14) durante a agenda de campanha do presidente na capital potiguar. 

“O Candidato Jair Messias Bolsonaro esteve em Natal e os organizadores/entusiastas de sua candidatura passaram a circular nos grupos de Whatsapp e em postagens no Facebook/Instagram uma imagem que convoca as pessoas a participarem do ‘Cuscuz Clan’, fazendo uma apologia aos princípios que norteiam o grupo supremacista”, diz trecho da representação. A assessoria de Girão nega que a postagem alvo de representação tenha sido divulgada pela campanha.

“Desde sua criação o referido grupo tem é formado por homens oriundos de famílias brancas que, por suposto divertimento, passou a impor temor a pessoas negras e aderiram a discurso que tinham o escopo de fortalecer a separação das raças. Tal fato indenitário ocorrido nos Estados Unidos da América tem sido utilizado por grupos antidemocráticos brasileiros”, aponta o documento. 

Na representação, também é citado que a imagem do “Cuscus Clan” possui o CNPJ oficial da campanha de Girão, o que, segundo a vereadora, “caracteriza campanha eleitoral violadora do Princípio da Liberdade”.

Imagem fez parte de chamada para motociata do presidente em Natal, na última quarta-feira (14) | Imagem: reprodução

Por isso, a representação pede que o MPE investigue a origem da imagem para comprovar a autoria. Segundo Brisa, “é um absurdo vermos um evento eleitoral fazer apologia a uma organização racista, da extrema-direita e que apoia a supremacia branca.” 

De acordo com a petista, o objetivo da investigação é que “não passe impune e que não seja naturalizado o uso de uma das piores experiências recentes do Ocidente como algo risonho. Todo nosso repúdio a isso.”

Procurada, a assessoria do deputado General Girão disse que a arte oficial produzida e postada nas redes do deputado é outra, e que a imagem que faz apologia à KKK “é uma reprodução da oficial nossa que fala sobre a agenda do presidente em Natal”. A assessoria disse ainda que não recebeu nenhuma notificação da equipe jurídica em relação à representação feita por Brisa Bracchi ao MPE, e que o deputado "só pode se responsabilizar pelo que publicou nas redes oficiais dele."

Ao Painel, da Folha de S. Paulo, a equipe de Girão disse que a imagem era uma “brincadeira” com as "besteiras" ditas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Após os atos bolsonaristas do 7 de Setembro, Lula disse em um comício que o “ato do Bolsonaro parecia uma reunião da Ku Klux Klan, só faltou o capuz."

A agência Saiba Mais questionou a assessoria do deputado sobre como avalia o material que circulou nas redes sociais com a imagem de Girão, independente da origem, e sobre a presença do CNPJ na imagem. Sobre a “brincadeira” dita à Folha, perguntamos também se não seria incômodo ter a imagem do deputado associada a um movimento racista, e assessoria evitou responder. "Se alguém fez uma réplica ou 'brincadeira', não nos compete responder por terceiros", informou.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.