Natal tem 224 famílias desalojadas ou desabrigadas por chuvas
Natal, RN 21 de jun 2024

Natal tem 224 famílias desalojadas ou desabrigadas por chuvas

5 de junho de 2024
3min
Natal tem 224 famílias desalojadas ou desabrigadas por chuvas
Foto: Alex Régis / Redação: Secom

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

As fortes chuvas que tomaram conta de Natal nesta terça-feira (4) deixaram cerca de 200 famílias desalojadas, e outras 24 desabrigadas, segundo os últimos dados registrados pela Defesa Civil da capital na noite da terça.

Os moradores desalojados são do Loteamento José Sarney, e foram atendidos com alimentação e cesta básica providenciados pela Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas.

Já as 24 famílias desabrigadas somam 55 pessoas. Elas se encontram provisoriamente na Escola Estadual Adelino Dantas, no Potengi, zona norte da capital. De acordo com a Defesa Civil, foram distribuídos colchões, material de higiene pessoal, kit dormitório, jantar e o café da manhã já estava sendo providenciado na manhã desta quarta (5).

Os desalojados são pessoas que foram obrigadas a sair de suas moradias temporariamente, e não necessariamente precisam de abrigo do poder público. Podem ir para casa de parentes ou amigos, por exemplo. Os desabrigados são pessoas que precisam de abrigo público por um período temporário em função de danos ou ameaças de danos em suas casas por conta de desastres.

Segundo a Prefeitura, a permanência das famílias na escola é uma medida temporária, aguardando que as condições climáticas melhorem e a água baixe para que possam retornar com segurança às suas residências.

Das 82 lagoas de captação monitoradas, duas apresentaram problemas mais graves de transbordamento, especialmente a do conjunto Santarém e a do loteamento José Sarney, no bairro Lagoa Azul. Também houve registros de menor porte na lagoa do Acaraú, no bairro Potengi, e na lagoa de Neópolis.

Pelos relatos apresentados, a conclusão é de que choveu mais de 100mm em alguns bairros de Natal. Nossa Senhora da Apresentação, localizado na zona norte, por exemplo, foi o bairro onde o índice pluviométrico atingiu 109mm, seguido dos bairros Pajuçara (zona Norte) e Neópolis (zona Sul).

O Gabinete de Crise da Prefeitura de Natal fez uma reunião na manhã desta terça-feira (4), no Palácio Felipe Camarão, para avaliar os estragos causados pelas intensas chuvas caídas na capital e buscar providências para abrandar os danos causados. O encontro foi coordenado pela secretária municipal de Planejamento, Joanna Guerra (Republicanos), que é pré-candidata à vice-prefeita de Natal. 

O chefe do Executivo, Álvaro Dias (Republicanos), estava em São Paulo e participou da reunião de maneira remota. A justificativa é que ele havia viajado para se submeter a check up médico previamente agendado. De acordo com o prefeito, ele anteciparia sua volta à Natal.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.