Atleta das Rocas fica fora das Olimpíadas e Confederação vai recorrer
Natal, RN 17 de jul 2024

Atleta das Rocas fica fora das Olimpíadas e Confederação vai recorrer

10 de julho de 2024
4min
Atleta das Rocas fica fora das Olimpíadas e Confederação vai recorrer
Foto: CBAt

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Criado nas Rocas, bairro da zona leste de Natal, o velocista Hygor Gabriel Bezerra Borges Soares, de 21 anos, chegou a comemorar a classificação para as Olimpíadas de Paris, mas ficou de fora da convocação para a competição. Ele preencheu os critérios para convocação, mas não pôde ser chamado por não ter se submetido a exames antidoping surpresa. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) afirmou que vai recorrer.

Na última segunda (8), a CBAt convocou os atletas que representarão o país nos Jogos Olímpicos de Paris, que começam no dia 26 de julho — o atletismo será disputado de 1 a 11 de agosto. Foram 43 atletas convocados — 19 no feminino e 24 no masculino, sem constar o nome de Hygor. 

No final de junho, o atleta potiguar competiu nos 100 metros do 43º Troféu Brasil de Atletismo, disputado na pista do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, e bateu a marca de 10s13. O resultado lhe garantiu a medalha de bronze e também fez com que ele atendesse aos critérios para fazer parte do 4x100m. No entanto, em março, a Federação Internacional de Atletismo (World Athletics) havia comunicado que o Brasil, Equador, Peru e Portugal estavam na lista de países com risco elevado de doping.

Segundo a recomendação da Unidade de Integridade do Atletismo (AIU), nos dez meses anteriores a 4 de julho de 2024, cada atleta deveria ter sido submetido a pelo menos três testes fora de competição sem aviso prévio (urina e sangue), mas tanto Hygor, como Max Batista (20 km marcha atlética) e Livia Avancini (arremesso do peso) preencheram os critérios para convocação, mas não os requisitos antidopagem que aquela organização determinou para o Brasil.

Presidente do Conselho de Administração da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Wlamir Motta Campos afirmou que a CBAt entrará com recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS), na Suíça, para que os três sejam incluídos na convocação.

"Eles não estão na listagem de hoje, de atletas qualificados, porque, segundo a World Athletics e a AIU (Unidade de Integridade do Atletismo), eles teriam que ter realizado três testes antidopagem fora de competição, com um período de 21 dias entre eles, de 4 de setembro de 2023 até 4 de julho de 2024. A Livia e o Max fizeram quatro testes e o Hygor, três. Porém, no caso da Livia e do Max, dois testes não tiveram o intervalo de 21 dias e um destes foi realizado em competição. E do Hygor, foram dois em competição e somente um fora de competição", informou Wlamir.

A CBAt recorreu à World Athletics para que eles estivessem elegíveis, mas houve uma resposta negativa.

 "Acreditamos que é um direito desses atletas ir aos Jogos e vamos recorrer à Corte Arbitral do Esporte, iremos às últimas consequências para assegurar esse direito”, disse Campos.

O resultado de 10s13 registrado por Hygor Gabriel em junho marcou seu recorde pessoal (tinha 10s21, +1.0, em setembro de 2023). A competição em junho foi sua primeira final de Troféu Brasil — e já estreou no pódio. Ele é natural de Natal, onde treina em uma pista de seis raias, com a ajuda de vídeos do YouTube e, atualmente, integra o Projeto Atletismo Campeão, de Pernambuco.

Depois do pódio no Troféu Brasil, ele informou que nem mesmo foi preparado para correr os 100m. Seu foco era os 200m. Hygor começou no futsal, mas uma professora percebeu sua velocidade e o encaminhou ao atletismo. Até pouco tempo atrás, sua prova principal era o salto em distância. Ele estimou que está nos 100 metros há cerca de dois anos.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.