DEMOCRACIA

Senador Jean Paul Prates é anunciado na equipe de transição de Lula

O senador pelo Rio Grande do Norte, Jean Paul Prates (PT), é mais um nome do Estado na equipe de transição do novo governo Lula. Prates teve seu nome anunciado nesta quarta-feira (16) pelo vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB). Ele integrará o grupo temático de minas e energia com mais 11 pessoas.

O anúncio do senador no grupo já era esperado. Hoje ele é apontado como um dos possíveis indicados para comandar a Petrobras na próxima gestão. Jean atua no mercado de óleo e gás desde a década de 1980, tendo sido também presidente do Sindicato das Empresas de Energia do Rio Grande do Norte (SEERN) e do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERN). 

O parlamentar tem mantido discrição sobre seu futuro político. Suplente de Fátima Bezerra, ele chegou ao Senado em 2019, após a então senadora ser eleita governadora do Rio Grande do Norte, e não disputou a reeleição neste ano. 

“Recebo com grande honra a indicação oficial pelo vice-presidente Geraldo Alckmin para integrar o grupo de Minas e Energia no governo de transição do presidente Lula. Tenho a certeza de que ao lado dos demais colegas faremos um excelente trabalho para o nosso Brasil”, declarou.

Atualmente, Prates está em viagem ao Egito, onde participa da COP 27, a conferência do clima da Organização das Nações Unidas (ONU). O senador faz parte de uma comitiva do Senado Federal que foi acompanhar o evento.

Entusiasta das minas e energias, Jean foi autor do projeto que cria o Marco Legal para a geração e exploração de energias renováveis no mar (offshore). No Congresso Nacional, preside a Frente Parlamentar de Recursos Naturais e Energia.

Também é autor do projeto de lei (PL 1425/2022) que disciplina o armazenamento permanente de dióxido de carbono, promovendo a captura de CO₂ da natureza e contribuindo para a redução dos gases de efeito estufa. Ainda sugeriu o PL 725/2022, conhecido como “Lei do Hidrogênio”, que incentiva e regula o uso do hidrogênio sustentável como fonte de energia no Brasil.

Com o anúncio, o senador se torna o terceiro representante do Rio Grande do Norte na equipe de transição de Lula. Na segunda-feira (14), Alckmin já havia anunciado dois nomes da Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) da gestão Fátima Bezerra. 

Os escolhidos foram o subsecretário da Juventude, Gabriel Medeiros de Miranda; e o subcoordenador de Articulação Institucional da Juventude, Nilson Florentino Júnior, que é também secretário nacional adjunto da Juventude do PT.

Ao todo, integrantes de 16 grupos temáticos foram anunciados nesta quarta. Nomes de envergadura política estão presentes na lista, como a ex-ministra e deputada federal eleita Marina Silva (meio ambiente), a indígena Sônia Guajajara (povos originários), os também ex-ministros Aloysio Nunes, Celso Amorim e Cristovam Buarque (relações exteriores), e a ex-deputada e ex-candidata a vice-presidência, Manuela D’Ávila (comunicação social).

Confira todos os integrantes do grupo de minas e energia:

Anderson Adauto, ex-ministro dos Transportes;

Deyvid Barcelar, coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros;

Fernando Ferro, ex-deputado

Giles Azevedo, ex-secretário executivo do Gabinete Pessoal da Presidência no governo Dilma;

Guto Quintel, membro do conselho diretor do Centro de Empreendedorismo da Amazônia;

Ikaro Chaves, diretor da Associação dos Engenheiros e Técnicos do Sistema Eletrobras;

Jean Paul Prates, senador;

Magda Chambriard, coordenadora de pesquisa na FGV Energia;

Mauricio Tomasquin, ex-secretário-executivo e ex-ministro interino de Minas e Energia;

Nelson Hubner, ex-secretário-executivo e ex-ministro interino de Minas e Energia;

Robson Sebastião Formica, integra a Coordenação Nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens;

William Nozaki, professor de Ciência Politica e Economia da Escola de Sociologia e Politica de São Paulo.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo