Dia Estadual do Brega é aprovado por deputados do Rio Grande do Norte
Natal, RN 21 de mai 2024

Dia Estadual do Brega é aprovado por deputados do Rio Grande do Norte

23 de maio de 2023
Dia Estadual do Brega é aprovado por deputados do Rio Grande do Norte

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Um projeto de lei que institui no calendário oficial do Rio Grande do Norte o Dia Estadual do Brega foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, à unanimidade, nesta terça-feira (23).

Se a lei for sancionada pela governadora Fátima Bezerra (PT), a data será comemorada em 1º de junho, em referência ao aniversário de Carlos Alexandre. O cantor é conhecido nacionalmente pelo sucesso nos anos 80, mas morreu precocemente, em 1989, aos 31 anos de idade.

De autoria do deputado Ubaldo Fernandes (PSDB), o projeto tem o objetivo de valorizar a cultura e fomentar um dos estilos musicais, que considera de maior relevância no Brasil e pertencente às raízes culturais dos norte-rio-grandenses.

"O brega faz parte da cultura popular do Rio Grande do Norte e do Brasil e merece que a classe artística tenha atenção e prioridade também nos editais públicos, assim como maoor presença em eventos como festivais, dando mais oportunidades aos seus músicos. Essa lei vai colocar a economia criativa deste segmento no radar do poder público e sociedade.", comentou o deputado, ao reafirmar que ama o brega.

"Adoro ir a festas com esse ritmo e ouvir nossos excelentes músicos, como o precursor Carlos Alexandre, que teve repercussão nacional, a quem homenageamos e tantos outros como Fernando Luiz que nos procurou trazendo essa sugestão de matéria, e artistas como Messias Paraguai, José Orlando, Bartô Galeno..."

A votação foi prestigiada por alguns dos artistas potiguares que se identificam com o gênero.

Trio Iraquitan, Núbia Lafayete, Elino Julião são citados pelo cantor Fernando Luiz como expoentes da música potiguar que fizeram história no brega. O artista disse que além da homenagem a Carlos Alexandre, a instituição da data é importante pelo alcance social que tem.

"Grande parte dos artistas brega, por não terem uma formação erudita, que o Estado brasileiro não lhe dá, ficam muitas vezes fora dos editais, de projetos culturais, eventos promovidos pelo poder público. Não tem mercado de trabalho, além do preconceito que faz com que profissionalmente sejam isolados."

Fernando Luiz falou sobre preconceito contra cantores populares. Ouça áudio:

Dodora Cardoso se declarou ao brega: "O nosso brega é também a nossa pérola. A música do Rio Grande do Norte é muito rica. Eu tenho 45 anos fazendo isso. A minha vida é cantar, alegrar pessoas. E hoje a minha maior meta é divulgar e defender os autores, compositores, os artistas do Rio Grande do Norte."

Veja vídeo cedido pela assessoria do mandato de Ubaldo:

José Orlando também defendeu a causa:

Em entrevista a TV local, Yrahn Barreto exaltou a pluralidade do artista potiguar e a iniciativa legislativa para exaltar o gênero musical. Confira vídeo:

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.