Veja as cidades com maior e menor taxa de alfabetização no RN
Natal, RN 25 de jun 2024

Veja as cidades com maior e menor taxa de alfabetização no RN

20 de maio de 2024
3min
Veja as cidades com maior e menor taxa de alfabetização no RN
Foto: Prefeitura de Parnamirim

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em Parnamirim, cidade localizada na região metropolitana de Natal, pelo menos 94,91% da população com 15 anos ou mais sabe ler, o que coloca o município na liderança daqueles com melhor taxa de alfabetização no Rio Grande do Norte. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na última sexta (17), a partir das informações coletadas no Censo de 2022.

Saiba +
Natal está entre cidades com maior taxa de analfabetismo do Brasil, aponta IBGE

Mas, apesar do bom desempenho de algumas cidades, o Nordeste foi a região com o pior desempenho do país em relação à alfabetização, o que indica que o Rio Grande do Norte e seus municípios têm muito a melhorar no quesito Educação. No estado, a taxa de analfabetismo é de 13,86%, quase o dobro da média nacional, que é de 7%.

Natal é a segunda cidade com melhor desempenho, com taxa de alfabetização de 93,36%. Porém, dentre as cidades com mais de 500 mil habitantes no Brasil, a capital potiguar ficou no top 5 das maiores taxas de analfabetismo entre a população com 15 anos ou mais. Maceió (AL) lidera o ranking com 8,4%, seguida por Jaboatão do Guararapes (PE), com 7,2%, Teresina (PI), com 7,1%, e Natal (RN), que aparece empatada com Feira de Santana (BA), ambas com 6,6% da população analfabeta.

No Rio Grande do Norte, depois de Parnamirim e Natal, as cidades com melhor desempenho são Extremoz, Mossoró, São Gonçalo do Amarante, Caicó, Tibau do Sul, Acari, Tibau e Nísia Floresta.

Já os municípios que apresentaram maior taxa de analfabetismo foram Venha Ver, Lagoas de Pedras, Januário Cicco, Espírito Santo, Serra de São Bento, Santana do Matos, Riacho da Cruz, Marcelino Vieira, Olho d’Água do Borges e Lagoa Salgada.

Cidades com melhor desempenho na alfabetização:

Parnamirim: 94,91%
Natal: 93,36%
Extremoz: 91,38%
Mossoró: 89,96%
São Gonçalo do Amarante: 89,82%
Caicó: 88,92%
Tibau do Sul: 88,14%
Acari: 86,81%
Tibau: 86,67%
Nísia Floresta: 85,91%

Cidades com pior desempenho na alfabetização:

Venha-Ver: 70,81%
Lagoa de Pedras: 70,97%
Januário Cicco: 72,17%
Espírito Santo: 72,71%
Serra de São Bento: 72,96%
Santana do Matos: 74,36%
Riacho da Cruz: 74,40%
Marcelino Vieira: 74,46%
Olho d’Água do Borges: 74,85%
Lagoa Salgada: 74,91%

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.