DEMOCRACIA

“Palanque de Ciro está garantido no RN”, diz Carlos Eduardo na véspera de subir em palco de Lula em Natal

O ex-prefeito de Natal e pré-candidato ao Senado Carlos Eduardo Alves (PDT) afirmou nesta quarta-feira (15) em Fortaleza que o palanque de Ciro Gomes no Rio Grande do Norte está garantido e que a governadora Fátima Bezerra sabe disso desde o início das conversas entre os dois.

A afirmação, em tom de discurso, foi feita em Fortaleza, na presença do próprio Ciro Gomes, durante o seminário “O PDT sabe fazer”, organizado pela legenda para alavancar a candidatura à presidência da República do ex-governador do Ceará, que oscila entre 6% e 9% nas pesquisas.

– A governadora sabe desde o início que o palanque de Ciro está garantido no Rio Grande do Norte. Porque antes dela fazer as consultas, foi a São Paulo conversar com a Gleisi Hoffman e o presidente Lula, e ambos chancelaram a posição do PT no Rio Grande do Norte. Vamos fazer essa convivência”, disse justificando a aliança PDT e PT no Estado potiguar.

A declaração de Carlos Eduardo acontece na véspera da visita de Lula a Natal, confirmada para amanhã (16). Na agenda do ex-presidente estão previstos um encontro com costureiras de Timbaúba dos Batistas que teceram o vestido de casamento de Janja e um almoço com os nove governadores do Nordeste. Lula também será a estrela principal do evento “Juntos pelo RN”, no qual vários políticos, entre eles Carlos Eduardo, devem comparecer e discursar.

O ex-prefeito de Natal vive um momento eleitoral delicado. O apoio de Lula a pré-candidatura dele é decisivo. O principal concorrente de Alves é o ex-ministro bolsonarista Rogério Marinho (PL). Os dois duelam nas pesquisas, ora com Carlos Eduardo à frente, ora com Marinho tomando a dianteira.

Há ainda uma terceira via que busca espaço. O deputado federal Rafael Motta (PSB) tenta se projetar como o nome do campo progressista, mas faz jogo duplo. Enquanto afirma em entrevistas que a candidatura ao Senado é para valer, proibiu que os prefeitos aliados do interior do Estado procurem outros candidatos a Câmara Federal para apoiar. Ou seja, o parlamentar tem até as convenções, no início de agosto, para manter ou adiar o projeto.

Motta já anunciou que o apoio dele a Lula é irrevogável e estará bem à vontade ao lado do ex-presidente e do pré-candidato a vice, Geraldo Alckmin, que migrou recentemente para o PSB.

Carlos Eduardo já disse discordar das costumeiras críticas e ofensas de Ciro Gomes a Lula, mas deixa o eleitorado de centro-esquerda sem confiança ao confirmar que votará no pré-candidato do PDT, a quem rasgou elogios em Fortaleza:

– Ciro tem demonstrado obstinação, é um dos poucos políticos do Brasil que estuda. A diferença de Ciro é que ele estuda, fala sempre com fundamentação e propriedade sobre os problemas e as soluções para o Brasil. Ciro honra a todos nós trabalhistas, pedetistas. Para que a gente possa, talvez não com o protagonista de 2018, onde eu era candidato a governador, mas candidato a senador, o 12 vai triunfar. Vamos à vitória”, disse.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"