Pólio: apenas 66% das crianças se vacinaram no RN; Natal teve o pior desempenho

Ao fim da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, o RN soma uma cobertura vacinal de 66%, o que corresponde a 123.249 crianças. Natal foi a única cidade que não atingiu nem 50%. Na capital, apenas 39,80% crianças estão imunizadas contra a parilisia infantil.

Adeus ao “Bola de Prata”: morre Alberi, maior ídolo da história do ABC

Morreu aos 77 anos, em Natal, Alberi José Ferreira de Matos. O ex-craque do ABC e um dos maiores ídolos do futebol potiguar, tratava complicações da diabetes. Alberi marcou história, sendo o único atleta atuando em clube potiguar a conquistar o Troféu Bola de Prata, uma das maiores premiações do futebol brasileiro.

Prefeitura de Natal não paga merenda escolar, mas doa cestas básicas em nome de Bolsonaro na semana da eleição

A Prefeitura de Natal vem atrasando o repasse da verba da merenda escolar destinada às unidades de ensino da capital. Com isso, as escolas de ensino fundamental estão se mantendo com apenas R$ 0,36 por estudante. Para a pré-escola, o valor também é baixo: R$ 0,53. Por outro lado, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) doou cestas básicas esta semana, às vésperas da eleição, em nome do seu candidato à presidência, Jair Bolsonaro. 

Cerca de 350 mil mortes na pandemia ocorreram por fatores políticos, estimam físicos

Um estudo realizado por professores dos departamentos de Física da Universidades Federais do Rio Grande do Norte e de Pernambuco apontou que, aproximadamente, 350 mil mortes na pandemia da Covid-19, no Brasil, até o final de 2021, ocorreram em decorrência de fatores políticos. O número corresponde a 57% do total de óbitos no período.

Idema rebate Álvaro sobre engorda de Ponta Negra: “não tem o planejamento adequado”

O projeto de engorda da praia de Ponta Negra pretende alargar a faixa de areia desde as proximidades do Morro do Careca até a Via Costeira. Estimada em mais de R$ 75 milhões, a obra, no entanto, ainda não tem o licenciamento ambiental.

vacina polio

Natal tem pior desempenho do RN na vacinação contra a pólio

Com apenas 37,62% das crianças menores de cinco anos vacinadas contra a pólio, Natal tem hoje o pior desempenho do RN na campanha pela erradicação da paralisia infantil. Em todo o estado, a média está em 63%, também aquém da meta de 95%. A baixa procura acende o alerta para o risco de reintrodução de um vírus já erradicado no país.