Marcelo Casal Jr/ Agência Brasil

Pelo quarto ano seguido, o Brasil é um dos dez piores países do mundo para se trabalhar, mostra estudo

O Brasil, pelo quarto ano seguido, fica entre os dez piores países do mundo para se trabalhar. A conclusão é do Índice Global de Direitos, estudo anual realizado pela Confederação Sindical Internacional (CSI), que analisa o respeito aos direitos dos trabalhadores em 148 países do mundo.

Audiência Pública no Senado debate a Defesa da Democracia e do Sistema Eleitoral

A Coalizão em Defesa do Sistema Eleitoral participa de audiência pública que será realizada nesta segunda-feira (04), às 14h, pela Comissão de Direitos Humanos do Senado, presidida pelo senador Humberto Costa.

EXCLUSIVO: Com Natal em situação de calamidade e debaixo d’água, prefeito Álvaro Dias (PSDB) curte final de semana em Gramado

A informação de que Álvaro Dias e a família estão na região de Gramado foi confirmada por duas fontes que pediram anonimato.

Em junho de 2022, 229.535 pessoas acessaram o site (saibamais.jor.br) e leram 482.681 notícias, os maiores números da história do site, desde agosto de 2017

Audiência da SAIBA MAIS bate novo recorde com 480 mil visualizações e 230 mil leitores em junho

A Agência SAIBA MAIS bateu novo recorde de audiência em junho de 2022. Nesse período, 229.535 pessoas acessaram o site (saibamais.jor.br) e leram 482.681 notícias. Esses são os maiores números da história do site, desde agosto de 2017 quando estreou na internet. Quando comparamos a audiência com junho de 2021, há um crescimento de 107% na quantidade de matérias lidas e 57% no número de pessoas que vieram ao site. Os dados são do Google Analytics.

Pedro Guimarães e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução/YouTube)

Bolsonarismo: funcionárias da Caixa denunciam presidente do banco por assédio sexual

Existem há algum tempo dentro da Caixa Econômica Federal (CEF) relatos de que o presidente da instituição, Pedro Guimarães, coleciona episódios de assédio sexual. Funcionária do banco, Ana afirma que, a depender da proximidade dele com algumas das mulheres, o dirigente passa a se sentir “dono” delas.

“É comum ele pegar na cintura, pegar no pescoço. Já aconteceu comigo e com várias colegas. Ele trata as mulheres que estão perto como se fossem dele”.

Os relatos foram publicados nesta terça-feira (28) em reportagem dos jornalistas Rodrigo Rangel, Fabio Leite e Jeniffer Gularte, no portal Metrópoles.