Onze pesquisadores da UFERSA estão entre os mais importantes da América Latina e países BRICS
Natal, RN 18 de jun 2024

Onze pesquisadores da UFERSA estão entre os mais importantes da América Latina e países BRICS

6 de outubro de 2021
Onze pesquisadores da UFERSA estão entre os mais importantes da América Latina e países BRICS

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Onze pesquisadores da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) aparecem na lista dos pesquisadores mais influentes da América Latina (AL) e dos BRICS em todas as áreas da Ciência. Com isso, a Ufersa ocupa a posição 110 da América Latina; e na 286 no ranking dos países que compõem os BRICS, já que cinco dos pesquisadores aparecem nessa lista.

O levantamento é da Alper-Doger Scientific Index 2021 e divulga uma lista dos 10.000 pesquisadores. O sistema foi criado pelos Professores Dr. Murat Alper e Dr. Cihan Doger que utilizaram as informações dos índices Index-i10 e os valores das citações no Google Scholar relacionadas ao histórico total acadêmico dos pesquisadores e às suas publicações nos últimos cinco anos. Ao contrário de outros sistemas que avaliam periódicos e universidades, o AD Scientific Index avalia, especialmente, a produção científica individual dos pesquisadores. Além disso, o índice ordena as instituições com base nas características dos seus cientistas.

Os pesquisadores da Ufersa, listados no índice AD 2021, em ordem decrescente, foram os seguintes: Alexandre Rodrigues Silva, Moacir Franco de Oliveira, Antônio Ronaldo Gomes Garcia, Daniel Valadão da Silva, John Lennon Nunes de Souza, Jael Soares Batista, Francisco Bezerra Neto, Joaquim Odilon Pereira, Vander Mendonça, Glauber Henrique de Sousa Nunes e Salvador Barros Torres.

Segundo o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Ufersa, o professor Glauber Nunes, o resultado do índice AD 2021 é importante porque aumenta a visibilidade da Universidade. “Coloca a Ufersa no Mapa das instituições que contribuem com o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação na América Latina e Brics, valoriza e incentiva os nossos pesquisadores e mostra a importância da pós-graduação para a instituição”, comentou. O pró-reitor Glauber Nunes é um dos nomes citados na lista.

O professor Glauber Nunes ressalta que 10 dos nomes listados contemplam docentes de Programas de Pós-graduação que têm realizado ciência de alto nível e formado recursos humanos qualificados nos graduação, mestrado e doutorado.

SAIBA MAIS

UFRN tem 22 cientistas entre os mais influentes dos países do BRICS

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.