Aluno da UFRN vence desafio internacional da Apple

O estudante João Carlos Magalhães, integrante do programa Talento Metrópole, do Instituto Metrópole Digital da UFRN, teve seu aplicativo selecionado por programa da Apple, a gigante mundial da tecnologia. O programa se chama Swift Student Challenge, e é um desafio mundial da empresa que premia os melhores aplicativos (Apps) desenvolvidos por estudantes do mundo todo que participam da conferência anual de desenvolvedores.

IFRN: inscrições para 1.196 vagas de cursos técnicos se encerram neste domingo (19)

As inscrições para as mais de mil vagas em cursos técnicos de nível médio de forma subsequente do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) vão até este domingo (19). As oportunidades, que incluem cursos como Edificações, Eventos e Administração, são destinadas a portadores de diploma de Ensino Médio.

Após 20 anos, TJRN anuncia concurso público para níveis médio e superior

Passadas duas décadas do último concurso público, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte autorizou – durante reunião do Pleno nesta quinta-feira (09) – a abertura do processo seletivo para cargos efetivos nos níveis médio e superior – esse último para a área de Tecnologia da Informação.

Temer e Bolsonaro transformaram o Brasil no País do salário mínimo e da informalidade

Desde o golpe político que retirou a ex-presidenta Dilma Roussef (PT) do Governo Federal, o Brasil é, cada vez mais, o país do salário mínimo. Segundo reportagem publicada nesta segunda-feira (6) pelo jornal O Globo, o total de profissionais brasileiros que ganham até o piso era de 27,6% dos trabalhadores no último trimestre de 2015 e foi a 30,09% no mesmo período de 2018, no fim do governo Temer. No primeiro semestre de 2022, a situação é ainda mais preocupante: a quantidade de trabalhadores, formais e informais, que recebia até um salário mínimo chegou a 38,22% do total da força ocupada.

Professores de Natal vão entrar na Justiça para tentar reverter corte de 12 dias de salário

Categoria também vai reivindicar pagamento do reajuste do piso do magistério de 2022, de 33,24%, e a não cobrança de multas ao Sinte e aos sindicalistas determinadas pelo desembargador Virgílio Fernandes