Empresas de ônibus em Natal vão retirar cinco linhas de circulação no bairro das Rocas
Natal, RN 18 de jun 2024

Empresas de ônibus em Natal vão retirar cinco linhas de circulação no bairro das Rocas

4 de abril de 2023
4min
Empresas de ônibus em Natal vão retirar cinco linhas de circulação no bairro das Rocas

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

As linhas 46, 51, 52, 54 e 56 não vão mais passar pelo bairro das Rocas. A medida foi discutida na manhã desta terça (04) entre representantes da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn), alguns políticos e moradores do bairro, que fica localizado na Zona Leste de Natal (RN).

Assim como ocorreu durante a pandemia da covid-19, a justificativa das empresas para a retirada das linhas é a baixa demanda de passageiros. Além disso, os empresários também alegam insegurança para os trabalhadores, passageiros e patrimônio, citam os ataques criminosos de março e dizem que falta logística de trânsito no terminal das Rocas, por causa das várias carretas estacionadas para o Porto de Natal.

Recentemente, os usuários de ônibus em Natal reclamaram de mudanças feitas pelas empresas no percurso que era realizado pelas linhas 37, 105, 51 e 52, que deixaram de passar por alguns bairros sem qualquer aviso prévio.

Uma das propostas apresentadas na reunião, de manter a operação das cinco linhas com retirada apenas do terminal das Rocas do trajeto foi aceita apenas parcialmente pelos empresários. Representantes  dos moradores das Rocas, porém, recusaram a volta parcial sugerida pelos empresários, citando outras perdas para o transporte público no bairro, como a retirada do terminal de Brasília Teimosa.

Estamos saindo de reunião frustrados, sem sucesso. As empresas de forma truculenta não atendem apelo da população. Não pedimos novas linhas, mas a manutenção das existentes. Nosso ato é para dizer não à forma como a STTU e o Seturn tratam nossa comunidade. Hoje foi péssimo vermos a visão dos empresários em só querer lucro sem ver a questão social dos trabalhadores. Não é questão de segurança e espaço físico. A alegação que pesa mesmo é a financeira, econômica. Isso precisa ficar claro para a população”, criticou o deputado estadual Ubaldo Fernandes.

Por causa da retirada das linhas no bairro, os moradores das Rocas farão um protesto nesta quarta-feira (05), a partir das 7h, com saída do Terminal Rodoviário das Rocas em direção à sede da STTU, na Ribeira.

“Nós já perdemos o terminal da Brasília Teimosa e não podemos perder agora o das Rocas. São 40 mil pessoas prejudicadas. Convocamos a população pra essa mobilização amanhã cedo, para termos força pra resolver o problema”, acrescentou o vereador Eribaldo Medeiros.

ATUALIZAÇÃO às 14H29

As linhas citadas na reportagem já foram retiradas de circulação no bairro das Rocas. De acordo com os moradores, o Seturn chegou a dizer em um aviso que tinha autorização da STTU para remoção, o que foi negado pela STTU.

Não é mentira de 1º de abril...

Desde o dia 1º de abril as linhas 51, 52 e 105, operadas pela Via Sul, saíram da 1° Etapa do Conjunto Pirangi e estão no terminal do Serrambi, seguindo um novo itinerário.

As invés das três linhas, os passageiros da 1° Etapa do Conjunto Pirangi passaram a ser atendidos apenas pela linha 105 (Eucaliptos Via praça).

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Natal já perdeu, pelo menos, 18 linhas de ônibus. Das 82 linhas de transporte que já estiveram em circulação, restam apenas 64 atualmente. Porém, contando com o transporte opcional, segundo a divulgação mais recente feita pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) no último dia 28 de março.

A STTU não divulga o levantamento completo sobre as linhas em circulação ou a quantidade de veículos, nem é possível encontrar essa informação em seu site – os dados mais recentes são de março de 2021.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.