Lula deve receber título de Doutor Honoris Causa da Ufersa
Natal, RN 22 de jun 2024

Lula deve receber título de Doutor Honoris Causa da Ufersa

4 de junho de 2024
3min
Lula deve receber título de Doutor Honoris Causa da Ufersa
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve receber, depois de 14 anos, o título de Doutor Honoris Causa da Ufersa. A solenidade está prevista para 1º de agosto, durante a Assembleia Universitária da instituição. A homenagem foi aprovada ainda na sua segunda passagem pelo Planalto, em 8 de dezembro de 2010, mas até hoje não foi entregue, já que é preciso que seja feita pelo Conselho Universitário em solenidade formal.

A assembleia foi marcada nesta segunda-feira (3) durante a realização da 8ª Reunião Extraordinária do Conselho Universitário (Consuni) 2024, que aconteceu no formato remoto em virtude da greve dos servidores técnico-administrativos.

O petista não será o único homenageado: a cerimônia ainda prevê homenagem com a Medalha Professor Vingt-un Rosado Maia ao Padre Sátiro Cavalcanti Dantas (In Memoriam). O ex-deputado Betinho Rosado (In Memoriam) receberá o Título Professor Emérito, e a servidora Lizete Figueira Costa receberá o Diploma de Mérito Administrativo.

“Nós já estamos trabalhando nos preparativos desta Assembleia Universitária. E na ocasião nós já estamos organizando para entregar o título de Doutor Honoris Causa ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi aprovado há alguns anos na instituição, nunca foi entregue, nós estamos aí já providenciando para nesta Assembleia fazermos todas as honrarias”, comunicou a reitora ao final do Consuni.

A entrega ocorrerá na reta final do mandato de Ludimilla Oliveira como reitora, que encerra no final de agosto. Em 2020, ela ficou em terceiro lugar na lista tríplice, mas mesmo assim foi alçada ao cargo de reitora pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que preteriu o primeiro colocado, Rodrigo Codes.

Já neste ano, Codes voltou a vencer mais uma vez a consulta para reitor. Ele recebeu um total de 2.262 votos, sendo 1.802 dos estudantes, 191 dos técnico-administrativos e 269 dos professores — na última eleição, ele havia recebido 2.115 votos. Em segundo lugar, Ludmilla — que tenta a reeleição, recebeu mais votos: 2.570 dos alunos, 192 dos docentes e 173 dos servidores técnico-administrativos. Entretanto, o cálculo é paritário sobre os aptos a votar, sendo o peso de 1/3 para cada categoria. A eleição considera a razão entre a votação obtida pelo candidato no segmento e o quantitativo total de votos válidos do segmento. Por isso, Rodrigo Codes terminou na frente. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.