Fernanda Guimarães: quem é a “galega do Alecrim” que anda fazendo um muído na internet

Entre brincadeiras e curiosidades, Fernanda virou celebridade na internet em Natal (RN) com um vídeo despretensioso sobre o bairro do Alecrim e hoje narra elementos históricos dos bairros na frente das câmeras.

Curta potiguar sai dos festivais e chega à televisão em março

A exibição de “Vai Melhorar” na televisão é resultado dos prêmios “Aquisição Canal Curta!” e do “10+ Favoritos do Público”, no Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, onde o filme estreou em 2020.

Potiguar do meme “Vai mulher, reage, bota um cropped” mudou de conta nas redes sociais para se preservar da fama

Gabriela é estudante de Direito da UFRN e faz estágio numa instituição pública que presta assistência jurídica a pessoas que não têm condições de pagar por ela.

Professores da Escola de Música da UFRN descobrem e gravam música composta por Tarsila do Amaral

Tarsila do Amaral, autora de algumas das mais importantes obras do movimento modernista, como “Abaporu” e “Operários”, foi, também, compositora. A descoberta desse outro dom artístico da pintora foi descoberto pelo professor da Escola de Música da UFRN, Durval Cesetti, em visita à família da artista. Ele encontrou a partitura da canção “Rondo d’Amour”, composta por Tarcila para voz e piano.

Votação da lei Paulo Gustavo é adiada na Câmara Federal; RN deve receber R$ 76 milhões

O deputado José Guimarães (PT/CE) é o relator do projeto na Câmara e anunciou que o pedido de adiamento se deu em comum acordo com demais líderes das bancadas para esclarecer alguns pontos da proposta garantir uma maior mobilização.

Sisu abre 13.627 vagas para UFRN, IFRN, UERN e Ufersa

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre nesta terça-feira (15) as inscrições para a primeira edição de 2022. No Rio Grande do Nortes, as universidades públicas (UFRN, UERN, Ufersa e IFRN) estão oferecendo juntas 13.627 vagas para diferentes cursos.

Filme potiguar Sideral vence, na França, principal festival de curtas do mundo

Depois da indicação à palma de ouro no Festival de Cannes o curta potiguar Sideral vence o prêmio Canal Plus no 44° Festival Internacional de Curta-Metragem de Clermont-Ferrand, na França, a mais renomada competição de curtas do mundo. Sideral foi filmado e produzido no Rio Grande do Norte e fez história como o primeiro filme potiguar à concorrer à Palma de Ouro no festival de cinema mais prestigiado do mundo.